Cinema, romances e pipoca tem tudo a ver! Essa lista é para quem adora histórias apaixonadas, cheias de lágrimas e risos, que tocam lá no fundo do coração!

Dez filmes capazes de causar taquicardia nos corações mais sensíveis. E o melhor, todos estão disponíveis na Netflix.

1- Um dia, 2011

Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgess) se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Nesse período Emma enfrenta dificuldades para ser bem-sucedida na carreira, enquanto Dexter consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por altos e baixos, mas sempre está, de alguma forma, interligada. Um filme maravilhoso e encantador inspirado no livro de mesmo nome de David Nicholls. Na Netflix.

2- O encantador de cavalos, 1998

Uma adolescente (Scarlett Johansson) em companhia de uma amiga sofrem um acidente quando andavam a cavalo. O cavalo da adolescente fica bastante ferido e querem sacrificá-lo, mas a mãe da jovem (Kristin Scott Thomas), a editora de uma conhecida revista, não autoriza que o matem e o leva até Montana para conhecer um rancheiro, esperando que ele ajude a curar algumas feridas internas, tanto da sua filha quanto do animal. O processo de recuperação é lento, mas após algum tempo os resultados começam a aparecer e paralelamente a editora e o rancheiro se apaixonam.O que dizer de um dos filmes mais românticos da década de 90? Lindo, mágico e sedutor. Na Netflix.

3- Casa comigo?, 2010

Anna (Amy Adams) viaja a Dublin, Irlanda, para pedir o namorado Jeremy (Adam Scott) em casamento. Segundo a tradição local, o homem não pode recusar um pedido feito no dia 29 de fevereiro. Após contratempos na viagem, Anna vê-se obrigada a pegar carona com o charmoso e áspero Declan (Matthew Goode), dono de uma hospedaria. Logo, o que deveria ser uma simples travessia ganha rumos inesperados. Um filme ótimo para se apaixonar pela Irlanda e pelas boas surpresas do coração! Na Netflix

4- Flores raras, 2013

Em 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. Um filme delicado ao extremo! Na Netflix.

5- Meia noite em Paris, 2011

Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida o levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas que também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir a Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida. Esse filme é mais uma ótima produção dirigida por Woody Allen. Na Netflix.

6- Um lugar chamado Notting Hill, 1999

Will (Hugh Grant), pacato dono de livraria especializada em guias de viagem, recebe a inesperada visita de uma cliente muito especial: a estrela de cinema americana Anna Scott (Julia Roberts). Dois ou três encontros fortuitos mais tarde, Will e Anna iniciam um relacionamento tenro, engraçado e cheio de idas e vindas. Classificada como uma das melhores comédias românticas de todos os tempos, o filme tem um charme pra lá de especial apesar dos clichês presentes no roteiro. Na Netflix.

7- O som do coração, 2008

August Rush (Freddie Highmore) é resultado de uma paixão entre um guitarrista e uma violoncelista. Crescido em orfanato e dotado de um dom musical impressionante, ele se apresenta nas ruas de Nova York ao lado do divertido Wizard (Robin Williams). Contando apenas com seu talento musical, August decide usá-lo para tentar reencontrar seus pais. Os pais de August são interpretados pelos maravilhosos, Keri Russell e Jonathan Rhys-Meyers, só pela química entre os atores e pelo enredo tão delicado e sensível, o filme já vale a pena. Na Netflix.

8- Segundas intenções, 1999

Em Manhattan, Kathryn Merteuil (Sarah Michelle Gellar) e Sebastian Valmont (Ryan Phillippe), pertencem a uma rica família e vivem como irmãos, desde o casamento do seus pais. Ele tem a fama de ser um incrível sedutor e gosta de manter tal reputação, enquanto que Kathryn, apesar de ser ainda mais amoral que ele, prefere fazer o gênero da jovem boa e comportada. Quando seu namorado a troca pela inocente Cecile Caldwell (Selma Blair), Kathryn decide se vingar e desafia Sebastian a um jogo, em que ele teria que seduzir e acabar com a reputação de Cecile. Inspirado em uma história real acontecida em meados do século XVIII, contada em detalhes por Choderlos de Laclos no livro Ligações Perigosas. Na Netflix.

9- Um homem de sorte, 2012

Em meio a uma batalha no Iraque, o fuzileiro Logan Thibault (Zac Efron) encontra no chão a foto de uma mulher desconhecida. Ele a guarda e passa a cuidar da foto como se fosse um talismã. Meses depois, ele retorna aos Estados Unidos e passa a pesquisar onde a mulher da foto poderia morar. Ele a encontra em um canil, onde trabalha juntamente com a avó (Blythe Danner) e vive com o filho pequeno (Riley Thomas Stewart). Logan passa a também trabalhar no canil, sem revelar o verdadeiro motivo pelo qual chegou até ele. Um filme pra lá de romântico para quem adora histórias inspiradoras. Na Netflix.

10- Uma linda mulher, 1990

Um magnata perdido (Richard Gere) pede ajuda uma prostituta (Julia Roberts) que “trabalha” no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação entre eles muda de rumo. Um dos filmes mais emblemáticos da década de 90. Na Netflix.
Acompanhe a autora no Facebook pela sua comunidade Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.

Foto de capa: Um Dia

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Vanelli Doratioto
“Palavras são mágicas, são como encantamentos sublimes que nos levam para onde quisermos, seja esse onde um lugar, um conceito ou uma pessoa”. (Vanelli Doratioto) Minha Página no Facebook: (www.facebook.com/vanellidoratioto) Meu instagram: (https://www.instagram.com/vanellidoratioto)

COMENTÁRIOS