Ser estiloso não é exclusividade dos ambientes grandes e espaçosos. As metragens pequenas, principalmente nas cozinhas, podem ser tão incríveis quanto. Confira exemplos!

O primeiro ambiente a ser sacrificado em um apartamento ou casa pequena é a cozinha. Esse hábito tem que sumir: é possível ter este cômodo diminuto, bem equipado e de design caprichado! Estes exemplos provarão como é possível aproveitar a metragem e criar um ambiente estiloso onde o tamanho não é um impedimento:

1. A madeira clara e azulejos bem pequenos, brancos, compõem esta cozinha em formato de corredor. A madeira conecta o espaço aos cômodos ao lado, de design similar. Ela também abriga os eletrodomésticos de aço inoxidável em armários que vão até o teto.

2. É difícil pensar em maneiras de valorizar a cozinha em um apartamento de apenas 29 metros quadrados. Mas é possível fazê-lo! Minúscula, esta ocupa uma parede e meia com armários brancos que deixam o ambiente mais iluminado e com uma sensação de amplitude aumentada. Uma bancada de madeira super texturizada ainda serve de mesa de jantar.


3. Este apartamento combina truques dos dois espaços acima: o branco por todos os cantos não só conecta os ambientes, que seguem o mesmo estilo, como também ajuda a criar a ilusão de um tamanho maior no espaço. Cantinhos especiais recebem toques coloridos diferentes, como os dois móveis que separam sala, hall e living, ambos azuis, e as pastilhas amarelas acima do balcão.


4. Não há cantinho que não seja aproveitado nesta cozinha: até a área do fogão recebe suportes com panelas e acessórios. O teto e o espaço embaixo da mesa também não saíram impunes! Este último móvel, inclusive, é um design sob medida com função retrátil, podendo ser estendido ou fechado dependendo da necessidade.


5. Esta pequena cozinha faz parte de um trailer da companhia ESCAPE Homes, especial para uso como refúgio. A estrutura longa junta dormir, com um grande colchão, estar e jantar em uma mesa, pequena cozinha e muito espaço para guardar objetos. Tudo em 14 metros quadrados!

6. O segredo está na iluminação: além das luminárias no teto, existem faixas de luz por baixo dos gabinetes que abrilhantam esta cozinha. Para trazer um toque de cor, o nicho entre armário e bancada foi pintado de lavanda.


7. Espelhos também são um grande trunfo para quem deseja trazer amplitude. Aqui, ele foi colocado no backsplash. Parece que o ambiente continua quando, na verdade, há uma parede que divide os cômodos!


8. Predominantemente branca, a madeira também aparece para diversificar o uso de cores e materiais nesta cozinha. Prateleiras abertas, angulares, foram postas em cantos para aproveitar o espaço ao máximo sem bloquear as janelas. Uma mureta de madeira com vidro separa a entrada da cozinha sem fazer com que o espaço pareça pequeno demais!

9. Pequenina, a cozinha possui um frigobar no lugar da geladeira – ele fica escondido embaixo do balcão, aumentando a área útil do tampo. No mesmo ambiente está a máquina de lavar roupas. A madeira de um nicho, usado como prateleira, e os tijolinhos brancos trazem estilo ao décor.


10. As paredes completamente brancas são subitamente recortadas por um retângulo amarelo. Além de iluminar a cozinha, ele faz com que ela pareça ainda maior.

11. Uma grande janela é a responsável pela maior parte da iluminação desta cozinha. O balcão de preparo de alimentos dobra de função, servindo também como espaço para comer. E a madeira dos armários, rosada, é um toque charmoso e delicado do projeto.


12. Os gabinetes pretos e foscos recortam a parede de cortiça, definindo a área da cozinha. O mesmo acontece do outro lado, na composição do home office. É a criação de uma unidade arquitetônica e de design que torna este espaço bem pensado!

 

 

 

TEXTO DEDebora Fernandes
FONTECasa.abril
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS