O Facebook hoje é sem dúvida, a mais famosa e conhecida forma de interação entre as pessoas, ela nos permite interagir com os nossos entes queridos, amigos e familiares.

A maiorias das pessoas hoje possuem conta no Facebook, apesar de ser uma poderosa ferramenta de trabalho e interação, é preciso ter cuidado no conteúdo postado na rede, porque nem sempre o que publicamos pode estar ao nosso favor.

Empresas de recursos humanos, ou qualquer pessoa com habilidades para navegar na internet, pode facilmente entrar em nosso perfil e saber muito sobre nós.

Muita coisa é revelada quando compartilhamos imagens, fotografias, vídeos e textos, tais como: estilo de vida, personalidade, relações sociais, até algum problema psicológico, como baixa autoestima.

Como foi publicado no Mujer 10, os especialistas confirmam as 6 coisas que apenas pessoas com BAIXA autoestima publicam no Facebook.

1. Compartilhar sua localização

É uma maneira de querer mostrar ao mundo o que está fazendo. As pessoas com baixa autoestima, precisam sempre da aprovação das pessoas e reconhecimento.

Compartilham sua localização o tempo todo, para que os demais saibam da grande vida social que têm, e até uma boa situação financeira. É comum encontrar fotos viajando, quando vão a algum restaurante, cinema ou teatro. Compartilham tudo, cada um de seus movimentos.

Não há necessidade de publicar onde está ou lugar que visita frequentemente, ao fazer isso corre o risco de alguém querer prejudicar ou saber o quão a pessoa está longe de casa.

2. Publicar fotografias na academia

É uma maneira de mostrar ao mundo, que todos os dias vai à academia que o corpo é fortalecido e que é muito atraente. Ao fazê-lo, os resultados não se multiplicarão, pelo contrário, os pensamentos são direcionados para a aceitação de alguém. Pode até se expor a críticas e ofensas desnecessárias

3. Publicar fotografias de alimentos

Claro que é delicioso desfrutar de uma refeição saborosa, mas as pessoas que fazem isso o tempo todo, só querem ganhar like na rede. Não é algo que interessa aos outros, o que está comendo ou indo comer. Corre-se o risco de parecer uma pessoa superficial e até mesmo um pouco presunçosa.

4. Milhares de selfies

Sociólogos e psiquiatras confirmam que as pessoas que compartilham muitos selfies, é porque têm baixa autoestima, insegurança e pouco amor próprio. Podemos pensar que é o contrário, no entanto, as pessoas criam uma identidade que precisam receber constantes feedbacks para se sentirem aprovadas.

5. Marcar toda vez que faz compras

Ir às compras é uma atividade que muitas mulheres adoram, é uma maneira de satisfazer, alimentar nossa autoestima e relaxar. No entanto, ostentar cada vez que você faz uma compra e mostrar as marcas, é uma maneira de provar que precisa de aprovação por parte de outros e que isso importa muito. É uma maneira de demonstrar a baixa autoestima de uma pessoa.

6. Estado sentimental

Estudos das universidades de Brimingham, Edimburgo e Heriot-Waltt, no Reino Unido, confirmam que as pessoas que publicam seu estado sentimental, revelam que não possuem relacionamentos íntimos, isso enfraquece o vínculo afetivo que existem na vida real. Muitas pessoas publicam quando se irritam com seus parceiros ou o que quer que façam com eles, isso causa uma falta de privacidade e realismo.

É preciso ter cuidado com o conteúdo publicado nas redes sociais, pode ser que ao invés de passar uma boa imagem, acabe passando uma imagem negativa e comentários ruins.
Problemas de autoestima baixa sempre é recomendado procurar um especialista para receber um suporte necessário.

Texto traduzido e adaptado pela Equipe da Revista Bem Mais Mulher
Fonte: Familias.com
Autor: Adriana Acosta Bujan

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS