Em uma época em que usamos os tablets para acalmar as crianças, torna-se ainda mais indispensável treinar os nossos filhos em técnicas de relaxamento. Podemos fazer isso através de jogos que, ao mesmo tempo em que desenvolvem recursos para a vida das crianças, também permitem que elas se divirtam.

Assim, tendo em conta que vivemos em uma sociedade que fomenta a pressa, os estímulos rápidos e a gratificação imediata, é de suma importância que tenhamos à mão recursos que favoreçam um maior autocontrole.

Por isso, com base nessa premissa, compilamos neste artigo alguns jogos que servem como técnicas de relaxamento para as crianças da família. Vamos ver em que consistem:

1. Soprar a vela!
Este jogo consiste em aprender a respirar de maneira profunda, ou seja, tomando ar pelo nariz, inflando a barriga, e expulsando aos poucos o ar enquanto sopramos a vela com intenção de apagá-la. Assim que a criança compreende as instruções, pedimos para ela se sentar em uma cadeira a dois metros da vela, que estará acesa em cima de uma mesa.

Ela não pode se levantar nem se inclinar, por isso esperamos que ela não consiga apagar a vela. Assim, aproximamos cerca de meio metro a cadeira da mesa. Iremos aproximar a cadeira de forma progressiva até que a criança consiga apagar a vela. Assim, teremos um jogo de uns 5 minutos em que a criança irá adquirir a habilidade de respirar fundo.

2. O jogo do balão
A técnica do balão é um jogo maravilhoso que nos ajuda a fomentar o relaxamento através de uma respiração correta. O que vamos precisar? Apenas um espaço amplo e balões coloridos. O que devemos fazer? Encher um balão até ele explodir, depois encher outro e expulsar o ar lentamente manipulando a boca do balão.

Depois, pediremos para as crianças fecharem os olhos e imaginarem que estão se transformando em balões enquanto tomam ar. Em seguida, pediremos que elas expulsem o ar lentamente, como se fossem balões.

Depois de fazer isso, pediremos às crianças que nos contem situações nas quais se sentem como balões, situações em que elas não conseguem suportar ou tolerar algo. Então, pediremos que expliquem como resolveram isso, oferecendo alternativas se precisassem de ajuda para tomar consciência dessas situações.

3. O jogo da semente
Com música relaxante de fundo e luz fraca, simbolizaremos o crescimento de uma árvore. Começaremos por colocar os joelhos no chão, inclinar a cabeça e estender os braços para a frente, como se fôssemos gatos se espreguiçando.

Somos uma semente que, ao som da música, vai crescendo e se transformando em uma árvore grande com belos galhos, que serão nossos braços estendidos para cima quando estivermos de pé. Este exercício é ideal para fazer com eles à noite, antes de irem para a cama.

4. O conto da tartaruga
O conto da tartaruga, desenvolvido por Schneider, é magnífico para fomentar habilidades de autocontrole. Trata-se da história de uma pequena tartaruga que se irritava por tudo e que perdia o controle com grande facilidade.

Um dia, depois de se sentir sozinha e isolada, ela se encontra com uma sábia tartaruga que lhe dá uma dica para se controlar quando estiver com raiva: entrar em sua carapaça, contar até se acalmar, frear seus pensamentos e relaxar.

Este conto é ideal para ser narrado a crianças entre os 3 e os 7 anos de idade. Para facilitar a implementação desta habilidade, podemos lhes dar uma etiqueta ou um pedaço de papel com uma tartaruga sempre que elas realizarem o exercício em uma situação de tensão. Nós temos as tartarugas prontas para imprimir neste link.

5. O pote da calma
Chamamos “pote da calma” um frasco em que colocamos água, silicone líquido para dar densidade ao conteúdo e, por exemplo, purpurina. Podemos fabricá-lo com as crianças como um trabalho manual, e é ideal para que elas o contemplem tanto em momentos de tensão, como em momentos que podemos chamar de “zen“.

A criança agita o pote e observa o movimento, depois disso explicaremos que a purpurina é como suas emoções, que se agitam e agitam até se tranquilizarem. É ideal para fomentar a reflexão.
O simples ato de observar a purpurina se movendo lentamente lhes ajudará a se concentrar e a relaxar sua mente após momentos de grande ativação. Deixamos um vídeo que explica como fazer esse pote e como pode ser usado. Não se esqueça de fechar o pote com cola extraforte para impedir que ele se abra e derrame todo o conteúdo!

6. O jogo do soprador de bola gigante
Mais um recurso para se divertir e aprender a respirar fundo é o jogo do soprador. Consiste em que a criança mantenha a bola no ar por mais tempo possível. Divertido, não é? Este jogo é adorado pelas crianças e é muito funcional para favorecer o relaxamento

7. Amassar papéis, apertar bolas, rabiscar
Rabiscar, amassar papéis ou apertar bolas macias como bolas antiestresse é outro jogo maravilhoso para ajudar as crianças a canalizar suas emoções negativas. Além disso, ao mesmo tempo favorecemos o desenvolvimento das habilidades motoras finas, já que lhes ajudamos a fortalecer os músculos das mãos.

8. Pintar mandalas
Pintar mandalas favorece não só o relaxamento e a reflexão, mas também a capacidade de concentração e a habilidade criativa. Em livrarias e na internet encontramos inúmeras alternativas adequadas para as crianças que elas irão adorar

Essa é a compilação de hoje, esperamos que estes jogos e recursos sejam de grande utilidade na criação de seus filhos. Não se esqueça de que é mais fácil criar crianças fortes do que consertar adultos destroçados, e que a nossa maior responsabilidade é o fato de a natureza nos confiar a criação das crianças.

TEXTO DERaquel Brito
FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS