Histórias reais de gênios da investigação, da ciência, da política e da manipulação, outras, nem tão reais, mostram dramas inspirados em fatos cotidianos do nosso dia a dia e que, nem sempre nos damos conta. Descubra a seguir oito sugestões de séries que vão despertar e abrir sua percepção para outras perspectivas em tramas cheias de aprendizado e mistério. Confira:

Sherlock


A série de televisão britânica de drama policial é baseada nas histórias de Sherlock Holmes escritas por Sir Arthur Conan Doyle. Criado por Steven Moffat e Mark Gatiss, o seriado é estrelado por Benedict Cumberbatch como Holmes e Martin Freeman como o Doutor John Watson. Sherlock Holmes retrata um “detetive consultor” que auxilia a Polícia Metropolitana de Londres, principalmente Greg Lestrade (Rupert Graves), na resolução de vários crimes assistido pelo seu colega de apartamento, Dr. John Watson, que voltou do serviço militar no Afeganistão.

Billions


O seriado acompanha a briga de gato e rato de Chuck Rhoades (Paul Giamatti, da minissérie John Addams) e Bobby Axelrod (Damian Lewis, de Homeland). O primeiro é um advogado agressivo que tem planos de se tornar governador de Nova York, já o segundo é um dos nomes mais conhecidos de Wall Street e um dos homens mais ricos dos Estados Unidos. Axelrod e Rhoades vão se enfrentar inúmeras vezes, principalmente porque o empresário se beneficia de diversas irregularidades para ganhar dinheiro, coisa que o advogado abomina.

Truques da Mente (Perception)

A série é centrada no Dr. Daniel Pierce, interpretado por Eric McCormack (o Will da série Will and Grace), um talentoso, excêntrico e paranoico neurocientista e professor que conhece a fundo a mente e os comportamentos humanos. Ele é recrutado por Kate Moretti, uma antiga estudante sua que agora trabalha no FBI. Juntos, eles vão ajudar na resolução dos mais diversos crimes, no melhor estilo “casos da semana”.

Scorpion

 

A série acompanha a vida de um excêntrico gênio e sua rede internacional de contatos de supergênios. Juntos, eles formam uma linha de defesa contra todas as ameaças do mundo moderno. Inspirado em uma história real, conta a história de Walter O’Brien, e de sua equipe composta por um comportamentalista, Toby, uma calculadora humana, Sylvester, e uma prodígio da mecânica, Happy. Ambos são pessoas ótimas de espírito, mas que não conseguem se socializar com a maioria das pessoas e por isso recebem a ajuda de uma ex-atendente de lanchonete chamada Paige que tem um filho gênio, Ralph.

The Tudors

A série mostra a Inglaterra do Século XVIII, durante o reinado de Henrique VIII (Johnathan Rhys Meyers) quando ele ainda está tentando alcançar o trono, e à medida que se distancia de sua esposa e apaixona-se por Ana Bolena (Natalie Dormer). Auxiliado pelo Cardeal Wolsey (Sam Neill), ele chegou ao poder e manteve-se forte apesar das intrigas e armações. Na sua vida privada, ele tenta criar uma maneira de se divorciar de Catarina de Aragão (Marye Doyle Kennedy) para se casar com Ana Bolena, em meio a muitas disputas políticas e esquemas.

House of Cards

Remake de uma série da BBC dos anos 90, House of Cards tem como protagonista Frank Underwood (Kevin Spacey), um político que lidera a bancada majoritária da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. Ele fica decepcionado quando descobre que não ocupará o cargo de Secretário de Estado da nova gestão, posto que foi prometido anteriormente a ele, pelo agora recém-eleito presidente. Em vez de aceitar a derrota, Frank decide usar seu conhecimento sobre os bastidores da política para orquestrar sua vingança.

Black Mirror

A série retrata a inquietação coletiva em relação ao mundo moderno. Com muito suspense e genialidade, cada história explora temas relacionados à paranoia tecnológica contemporânea. A tecnologia transformou todos os aspectos de nossa vida: em todas as casas, em todos os escritórios e nas mãos de todas as pessoas há uma tela de plasma, um monitor, um smartphone – um espelho negro refletindo a nossa existência no século 21.

Sense8

A série conta a história de oito desconhecidos que têm uma visão da violenta morte de uma mulher chamada Angelica e, a partir de então, descobrem estar mentalmente e emocionalmente ligados, sendo capazes de se comunicar, sentir e se apoderar do conhecimento, linguagem e habilidades alheias. Em 1 de junho de 2017, cerca de um mês depois de lançada a segunda temporada, a série foi cancelada pela Netflix, porém após grande mobilização dos fãs, a empresa voltou atrás na decisão e irá lançar um episódio especial de encerramento da série, previsto para 2018.

TEXTO DEJAQUELINE RODRIGUES
FONTEVix
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS