Ter auto estima baixa é muito mais comum do que se imagina. E não há uma fórmula ou receita que resolva isso, pois cada um é um.

Aqui vão algumas dicas que ajudam. Eu mesma aplico quase todas e garanto que vale a pena tentar!

1. Identifique suas potencialidades
Se sentir um “zé ninguém” é a pior coisa que existe. Todos nós temos algumas potencialidades. Sejam artesanais, afetivas, culinárias… Use-as a seu favor, distraia-se com elas, agrade os outros e aprenda cada vez mais! Enaltecer as próprias potencialidades nos mostra que somos pessoas interessantes

2. Orgulhe-se das suas qualidades
Ninguém aguenta pessoas arrogantes que se acham o máximo. Mas não confunda humildade com se colocar para baixo. Sentir orgulho das coisas boas que faz e, principalmente, por ser quem você é e da forma como você é, é maravilhoso!

3. Fale sobre suas inseguranças
Quando compartilhamos nossas inseguranças com outras pessoas, percebemos que nossos “bichos de sete cabeças” são mais comuns que imaginamos. Pessoas próximas podem nos mostrar caminhos para solucionar nossas inseguranças, além de aliviar o peso de carregá-las sozinhos.

4. Deixe os erros do passado no passado
Não existe pessoa ou negócio na face da terra que nunca tenha falhado. Nossas falhas, tanto pessoais quanto profissionais tem um valor enorme: nos ensinar e mostrar outros caminhos. Assim entendemos que os erros valem tanto quanto os acertos. Por isso devem ficar para trás, junto com nossos demais aprendizados.

5. Evite comparações
Comparações geralmente nos diminuem. O corpo, a inteligência, os amigos, as roupas, o intelecto e o trabalho do outro parecem ser sempre melhores. Mas não é bem assim. Apenas nós sabemos a dor e a delícia de sermos quem somos e termos nossa vida. Então não pense que as coisas dos outros são melhores pois nunca estamos aptos a saber de fato como é a vida das outras pessoas. Não gaste sua energia diminuindo-se em relação aos outros diante de comparações.

6. Ajude outras pessoas
Quando ajudamos outras pessoas, em primeiro lugar lembramos que os outros também tem problemas e dificuldades, assim como nós. Ao ajudarmos os demais, mostramos a nós mesmos que temos auto controle sobre decisões e vemos em nós como somos pessoas gentis e do bem.

7. Cuide-se bem
Não há auto estima que sobreviva ao esculacho. Cuide-se. Penteie-se, faça a barba, perfume-se, vista-se com capricho. Muitas vezes as roupas mais simples geram os melhores resultados. Nunca se esqueça do efeito positivo que os elogios tem para nós.

8. Esteja por perto de quem você ama
Poucas coisas fazem a vida valer mais a pena que o amor. Cerque-se dele. As pessoas que amamos e que nos amam, despertam o melhor que há em nós.

9. Não tema o desconhecido
A inovação é antídoto infalível para o baixo astral e para a insegurança. Olhe para trás e relembre quantas mudanças você já enfrentou e como elas melhoraram a sua vida. SIm, você é capaz!

FONTEAgrandeartedeserfeliz
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS