Os sociopatas não se importam com seus sentimentos. Eles são fisicamente incapazes de sentir qualquer tipo de empatia em relação a você, ou a qualquer outra pessoa. Eles não sentem remorso por suas ações, não importa o quanto eles prejudiquem as pessoas. Eles são incapazes disso. Por causa disso, eles são incapazes de amor ou de qualquer outra emoção humana. Eles podem imitar emoções e respostas emocionais para manipular e coagir, mas, como tudo em suas vidas, é uma mentira. Um engano.

Eles podem ser muito charmosos e se utilizam desse charme para te envolver, e assim descobrir seus pontos fracos emocionais, para melhor explorá-los a seu favor, usando as conversas das vitimas como recurso para obter as respostas emocionais que eles precisam para sua manipulação.

O caminho mais fácil para lidar com sociopatas é evitar lidar com eles. Eliminá-los do seu círculo de amigos, evite conversas (especialmente privadas) e, em geral, cortá-los fora de sua vida. Mas, se você não pode cortá-los porque eles são um parente próximo ou um colega de trabalho, então você tem que aprender a lidar com eles e encerrar suas tentativas de manipulá-lo sem causar mais problemas no trabalho ou com o resto da família. Então, o que você pode dizer para manter um sociopata desarmado e impedi-lo de te manipular?

Aqui estão 9 coisas para dizer a um sociopata manipulador:

“Eu sinto muito, mas eu não posso falar agora.”

Manipuladores precisam de interação verbal a fim de trabalhar sua magia negra. Negar-lhes a chance e eles são impotentes.

“Eu sinto muito, mas eu tenho que levar isso.”

Finja que seu celular (telemóvel) tocou e que precisa se afastar para atende-lo. Às vezes, a maneira mais fácil de ganhar uma batalha com um manipulador é negar-lhes a chance de começar.

“Ok, vamos falar com ele / ela agora mesmo.”

Num ambiente de trabalho ele pode inventar mentiras, como dizer que o chefe está solicitando a sua presença porque algo em alguma tarefa sua deu problemas. Se isso acontecer, desminta-o sem remorso, pois esse tipo de tática deles tem apenas o objetivo de te desequilibrar emocionalmente. Sugerir que um superior não está contente com o seu desempenho é um dos recursos que esses tipos se utilizam para te desestabilizar e assim se oferecerem como apoio.

“Ei, você assistiu ao jogo de tal time ontem à noite?”

Nunca fale sobre coisas pessoais com um sociopata conhecido. Fale sobre temas neutros como esportes, política ou clima; Qualquer coisa que não seja o que está acontecendo com você ou com a sua sensação.

“Não, obrigado.”

Se um sociopata oferecer-lhe qualquer coisa, especialmente se essa coisa parecer um presente, então recuse-o educadamente. Eles podem usar o “presente” como um gancho para te deixar em dívida social com ele que será cobrada em uma data posterior. Educadamente, mas com firmeza,decline da oferta.

“Não.”

É a palavra mais poderosa em qualquer idioma. Sempre que um sociopata tentar forçá-lo a fazer algo ou a dar-lhes algo, então apenas diga não.

“Vamos conversar sobre você.”

Os sociopatas não querem falar sobre si mesmos e suas emoções (uma vez que não têm nenhuma). Falar de si mesmos é uma coisa que não lhe atrai e quando eles fazem isso, tem sempre uma intenção maléfica por trás. Eles querem que você fale de você, que exponha seus conflitos interiores e suas emoções, que confidencie segredos. Compartilhando com ele essas suas coisas, você estará expondo suas fragilidades e dando chance para que ele descubra como usar isso no sentido de te controlar emocionalmente.

“Estou tendo um ótimo dia; e quanto a você?”

Ele irá perguntar-lhe como você está, a fim de descobrir qualquer problema que você está tendo, para que eles possam usar essas emoções ou dificuldades contra você. Não lhes dê nada. Mesmo se você estiver tendo um dia horrível, sorria e volte a pergunta para saber como está o dia dele. Lembre-se, eles querem falar sobre você, jamais sobre si mesmos, portanto a conversa terá um fim aí.

“Isso é muito difícil de acreditar”.

Deixe-os saber que você está de saco cheio de suas histórias. Eles contarão histórias estranhas, a fim de obter alguma resposta emocional sua, seja culpa, piedade ou compaixão. Eles querem que você os ajude, dê algo ou faça algo por eles. Eles vão contar histórias convincentes, difíceis de duvidar. Não acredite neles (e deixe-os saber que não acredita neles) e eles serão menos propensos a tentar esse método no futuro.

Traduzido e adaptado pela Equipe da Revista Bem Mais Mulher – JK

FONTEPower of positivity
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS