Esta é a historia de um menino que tinha um mau caráter. Seu pai lhe deu um saco de pregos e lhe disse que cada vez que perdesse a paciência, ele deveria pregar um prego atrás da porta.

No primeiro dia, o menino pregou 37 pregos atrás da porta. As semanas que seguiram, a medida que ele aprendia a controlar seu gênio, pregava cada vez menos pregos atrás da porta. Com o tempo descobriu que era mais fácil controlar seu gênio que pregar pregos atrás da porta.

Chegou o dia em que pode controlar seu caráter durante todo o dia.

Depois de informar a seu pai, este lhe sugeriu que retirasse um prego a cada dia que conseguisse controlar seu caráter. Os dias se passaram e o jovem pode finalmente anunciar a seu pai que não havia mais pregos atrás da porta.

Seu pai o pegou pela mão, o levou até a porta e lhe disse: meu filho, vejo que tens trabalhado duro, mas veja todos estes buracos na porta.

Nunca mais será a mesma.

Cada vez que tu perdes a paciência,deixa cicatrizes exatamente como as que vê aqui. Tu podes insultar alguém e retirar o insulto, mas dependendo da maneira como fala poderá ser devastador e a cicatriz ficará para sempre. Uma ofensa verbal pode ser tão daninha como uma ofensa física.

Os amigos são jóias preciosas. Nos fazem rir e nos animam a seguir adiante. Nos escutam com atenção e sempre estão prontos a abrir seu coração.

As palavras marcam o nosso cérebro, bem como as ações

Não é uma fábula simples, a ciência provou que as palavras têm um impacto profundo em nossos cérebros, e que estas são mais profundas do que nós suspeitamos.

Um estudo realizado na Universidade de Medicina de Jena, na Alemanha, revelaram que as palavras relacionadas com o sofrimento, ativam os circuitos relacionados a dor em nosso cérebro. Estes investigadores recrutaram 16 pessoas e pediu-lhes para ouvir palavras diferentes, algumas positivas, neutras ou negativas. Enquanto isso, eles digitalizavam seus cérebros.

Assim, eles podiam ver isso em palavras como: estressante, angustiado, beliscar ou esmagamento, o nosso cérebro reagindo ativando circuitos neurais relacionados à dor. Na prática, é quase como se estivéssemos vivendo essas experiências.

Portanto, é importante estar sempre atento às nossas palavras, para que estes não se tornem pregos que deixam feridas. Da mesma forma, devemos nos cercar de pessoas que estão dispostas a fazer o mesmo, eles deixam pegadas, sem cicatrizes.

A diferença entre deixar pegadas e deixar cicatrizes

Jorge Luis Borges disse: “Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa-se um pouco e toma um pouco de nós. Haverá aqueles que tomam um monte, mas haverá aqueles que não vão deixar nada. ”

Toda relação que estabelecemos sempre envolve uma troca, nos enriquece ou nos fere. Portanto, é importante certificar-se em escolher as pessoas certas, pessoas especiais que são capazes de deixar uma marca positiva em nossas vidas.

Na verdade, há uma enorme diferença entre deixar pegadas e cicatrizes. As cicatrizes são um sinal de dor, indicando uma ferida que tem causado danos. As cicatrizes são marcas que não optamos ter, são um lembrete constante de um fato doloroso. É verdade que pode ter nos ajudado a crescer, mas pela força.

Pelo contrário, as pegadas são marcas deixadas por momentos de prazer que compartilhamos com as pessoas especiais, são lições valiosas que nos permitem crescer sem traumas, com fluidez. Há pessoas que se esforçam para deixar a sua marca, seja através de dedicação, amor ou generosidade. Essas pessoas são favoráveis ​​e nos ajudar a reconstruir a nós mesmos, enriquecendo o nosso “eu”.

No entanto, existem pessoas tóxicas, suas atitudes e comportamentos, deixando cicatrizes em seu rastro. Essas pessoas adotam uma atitude egoísta, não controlar sua impulsividade e acabar causando grande sofrimento. Se você está cercado por pessoas assim, é desejável que você limpe o seu meio ambiente e seja mais seletivo em seus relacionamentos.

Quando você está escolhendo as pessoas que vão acompanhá-lo por toda a vida, lembre-se que não é só feridas físicas, há feridas muito mais profundas que são causadas por palavras. Cerque-se de pessoas positivas, pessoas que se juntam e que se preocupa em deixar vestígios que podem dar um significado mais amplo para sua vida.

Porque na vida, não é simplesmente a tomar decisões, mas deixar pegadas duradouras no outro. Por que vale muito mais dar do que receber.

Não se esqueçam de deixar pegadas sobre os outros, não provoque feridas que deixam cicatrizes.

Fonte:Richter, M. et. Al. (2010) Do words hurt? Brain activation during the processing of pain-related words. Pain; 148: 198–205.

FONTERinconpsicologia
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS