Um homem bonito, loiro, de olhos claros, bem vestido em todas as fotos e com um ar importante adiciona você no Facebook. Além disso, ele é gringo e mora na Europa ou nos Estados Unidos. Assim que você aceita o pedido de amizade, o gato já te chama no chat.

Impossível não se encantar com as investidas e os elogios que ele te faz com aqueles charmosos errinhos de português. Nos dias que se seguem, é impressionante como ele já está completamente apaixonado por você e faz enormes declarações.

Você fica caidinha por aquele príncipe que apareceu do nada e já parece conhecer o caminho para conquistar seu coração. Só que esse príncipe, na verdade, é um sapo, um sapo do mal…

As vítimas são lesadas emocionalmente e financeiramente

Descobri os scammers há cinco anos. Eles são golpistas virtuais, homens de uma quadrilha mundial que engana mulheres nas redes sociais. Quase caí nesse golpe. Um suposto britânico muito bem apessoado me adicionou do nada e eu aceitei no impulso, mesmo sem saber quem era.

Minutos depois, fui alertada no próprio Face por uma mulher dizendo que o homem que eu tinha acabado de aceitar era um golpista virtual. Ela era uma caçadora desses malfeitores e me explicou tudo sobre eles. Deletei o canalha na hora! Aquela história de golpe me chocou.

O trabalho dessa gangue da internet é totalmente calculado. Eles escolhem mulheres solteiras, com mais de 30 anos e que pareçam vulneráveis nas redes sociais. As vítimas preferenciais são aquelas que postam sobre solidão ou uma desilusão amorosa.

São perfeitas para cair no conto do romance à distância com um figurão europeu. Os perfis que eles usam têm nomes falsos e fotos roubadas de homens americanos e europeus, muitas vezes das Forças Armadas.

Depois de conversar um pouco pelo chat do Face, eles pedem seu e-mail, alegando que é melhor para conversar. Algumas semanas depois, eles inventam um problema financeiro (uma viagem importante de negócios ou uma dívida) e pedem que a vítima envie dinheiro para eles. É aí que a parte mais dolorosa do golpe acontece: além de ser enganadas emocionalmente, essas mulheres também são lesadas financeiramente!

Meu blog recebe 4 mil visitas por dia: já ajudei centenas de mulheres<

No final de 2011, depois de muito pesquisar sobre os scammers em sites de outros países, resolvi arrumar um jeito de alertar as mulheres sobre esse crime. Como não achei nenhum site brasileiro falando sobre o assunto, decidi criar um blog e uma página no Facebook para denunciar os golpistas.

Virava as madrugadas acordada buscando os perfis falsos dos bonitões salafrários. Copiava a tela, salvava e publicava tudo! Pra quem tem experiência, é muito fácil reconhecer quando se trata de um golpista!

Atualmente, meu blog registra 4 mil visitas diárias. Depois de tanto expor os scammers, hoje sou procurada por mulheres para investigar os caras com quem elas estão se comunicando ou para receber novas denúncias, sem cobrar nada. Já ouvi cada história, menina.

Algumas enviaram milhares de reais para fora do país e nunca mais viram a cor do dinheiro! Um dos casos foi trágico: a vítima se suicidou após descobrir que estava sendo enganada durante seis meses e tinha perdido nada menos que R$ 30 mil! 

E não pensem que precisa ser bobinha pra cair no conto do vigário, não. Já recebi denúncias de médicas, advogadas, jornalistas… O crime é tão perfeito que qualquer uma pode ser enganada!

Recebo até ameaças de morte, mas nunca vou me calar!

Nunca revelo meu nome ou meu e-mail pessoal, nem mesmo para essas vítimas. Mostrar uma foto minha? Nem pensar! Minha preocupação é que algum scammer descubra minha identidade e passe a usá-la para aplicar golpes em outras pessoas!

Como já ajudei centenas de mulheres a se livrar desses golpistas, dando prejuízo à quadrilha, é claro que eles me odeiam. Já recebi até ameaças de morte na minha página do Facebook e chegaram a dizer que tinham feito magia negra contra mim.

Mas não tenho medo: minha vontade de ajudar essas vítimas contra os malfeitores virtuais é maior do que qualquer coisa que possa acontecer comigo. E estou conseguindo, para desespero desses bandidos. – CRYSTAL BRASIL, 54 ANOS, funcionária pública, Cuiabá, MT

Saiba identificar um golpista virtual

■ Desconfie se ele tiver poucos amigos no perfil do Facebook e não interagir com nenhum. Geralmente, há poucas fotos, sem comentários nem marcações.
■ O golpista dirá que é dos EUA ou da Europa e suas fotos serão de um homem muito bonito, geralmente do exército.
■ Se já estiverem conversando, chame-o para o Skype para vê-lo na câmera. Ele nunca vai topar, pois terá que mostrar o seu verdadeiro rosto.
■ Por que um general estrangeiro procuraria esposa no Facebook? Abra os olhos para histórias mirabolantes!
Depois do golpe, não dá pra acionar a polícia
Os scammers fazem parte de uma quadrilha internacional sediada em alguns países africanos. Segundo o especialista em crimes eletrônicos Wanderson Castilho, da E-Net Security, empresa de Segurança da Informação, cada criminoso pode enganar até dez vítimas de uma só vez: “Eles estão sempre disponíveis para conversar, dão atenção, são simpáticos e conquistam as vítimas para depois extorquir dinheiro”.
Para não ser enganada por esses falsos príncipes, Wanderson sugere que as mulheres sempre desconfiem desses estrangeiros quase perfeitos. “Eles criam uma vida fantasiosa e usam um script convincente. Mas, quando pedirem qualquer ajuda em dinheiro, pode ter certeza que é golpe!”, explica. Não existe nenhuma maneira de denunciá-los para a polícia, pois o crime não foi cometido no Brasil.
Atenção Mulheres!
É golpe pra todo lado. 
Compartilhando nos protegemos
FONTESoumaiseu
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS