O sucesso pode ser mais doce do que a vingança. Besty Ayala, de 34 anos, descobriu uma traição do marido. A infidelidade dele fez com que ela mudasse a vida completamente.

Naquele momento, Ayala tinha acabado de dar à luz uma menina — Isabella. Em sua entrevista para o “DailyMailUK”, a mulher confessou que mal sabia o que fazer com sua vida, estando sozinha e com uma bebê pequena.

Quando Ayala teve a filha, no ano de 2013, ela pesava 119 quilos!

A mulher tentou e conseguiu, a duras penas, perder 27 quilos. Mas então, a tragédia aconteceu. Ela perdeu o controle quando pegou a traição do marido.

“Eu estava com ele desde os meus 17 anos e dei quase toda a minha vida ao nosso relacionamento”, diz Betsy. Aconteceu que, dois dias após o Natal, a mulher encontrou alguns textos comprometedores trocados entre seu marido e uma colega dele. Nas mensagens, ele chamava a mulher de “vaca gorda”! Betsy não foi apenas traída, ela foi humilhada também.

Ayala entrou com um pedido de divórcio e mudou sua vida por completo. Ela queria fazer isso para ela mesma, e não para os homens.

“Eu chorava depois dos treinos, mas estava determinada a mudar pelo amor que tinha à minha filha e a mim”

Uma nova página se inicia com exercícios leves, 3 vezes por semana. As aulas de ginástica foram, então, incluídas. Ayala terminou praticando esportes 6 vezes por semana e observando sua ingestão de proteína.

“Sempre que ficava nervosa, eu queria comer, mas precisava aprender a dizer ‘não’. Caso contrário, eu ganharia peso novamente. Agora eu acho que a traição de meu marido foi uma espécie de impulso. Se ele não tivesse me traído, eu não teria me transformado.”

O peso atual de Betsy é 72 kg, e ela está completamente feliz com sua aparência agora. A infidelidade do passado não a perturba mais, e ela vive para o hoje e para o amanhã, que serão melhores do que ontem!

“Acredito que, às vezes, você deve se levantar e lutar por si mesmo”

A feliz mulher vive com sua filha em Houston, Texas. Betsy confessou que perdoou seu marido e o deixa ver a filha. Para Ayala ele é apenas um amigo.

“Amo a vida, acredito no perdão em família, na compaixão e no amor. Eu sou assim.”

Esta é a história de nossa heroína. Às vezes, algo que parece ser destrutivo pode ser um impulso para algo melhor. Ame-se.

FONTEperfeito.guru
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS