Fernando e Pilar já tinham vivido uma história de amor quando ele tinha 19 anos e ela 17. O reencontro só foi possível graças ao Facebook

As redes sociais, mais precisamente o Facebook, foi o ponto de encontro e o começo da segunda parte da história de Fernando e Pilar, que acabaram de se casar. Isso mostra que há histórias que não acabam na primeira vez.

“Esta caminhada ficou adormecida. Nós casamos, tivemos filhos, a mulher dele morreu há três anos e meu marido faleceu há 11.

Fomos felizes. Agora, voltamos a nos encontrar e, como somos os mesmos, porém com mais maturidade e sensatez, o lógico seria continuar a relação, porque nos amamos e quisemos nos casar, selar nosso amor na cidade dos amantes, em Teruel [Espanha]”, disse Pilar.

O casal queria que a festa fosse íntima, mas ela ficou conhecida mundialmente. Porém, o casamento não agradou a todos

Os três filhos de Fernando e os dois de Pilar não gostaram da ideia.

“Eles não se sentiram bem. No começo, não queriam. Mas as coisas passam e nós, na nossa idade, podemos fazer o que quisermos, já não precisamos pedir permissão.

Se eles não gostaram, sentimos muito. Queríamos uma festa íntima, mas no final teve uma grande repercussão”, disse Fernando.

“Nós nos casamos como os amantes, mas com uma diferença: eles não se beijam, nós sim”, disse Fernando, que sem ser um grande apaixonado pelas redes sociais, um dia viu as mensagens do Facebook e retomou a relação com Pilar.

Agora, o casal está em viagem. Mas não é uma lua de mel: “a viagem de noivos vamos fazer até meados de maio, para podermos ver o sol da meia-noite e a aurora boreal nas montanhas. Tem que ser nestas datas”, disse Fernando.

TEXTO DECadena Cope
FONTEAleteia
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS