Um dos melhores conselhos que já recebi foi de um antigo gerente de vendas que disse: “Não é apenas sobre o que você diz, mas COMO você diz isso.” Você pode ser a pessoa mais educada em uma sala, mas se você falar como um robô, as pessoas não vão te ouvir.

A comunicação efetiva é toda sobre influência, seja você falando com uma multidão, com alguém que você conheceu ou alguém com quem fala todos os dias. Existem alguns elementos-chave para gerenciar seu idioma corporal que realmente pode abrir possibilidades para você e o que você está dizendo. É como a diferença entre alguém te ouvir e verdadeiramente cativar alguém.

Aqui estão 8 maneiras de aumentar sua influência sobre seu público com linguagem corporal efetiva:

Postura é uma das primeiras coisas que as pessoas percebem sobre você. A chave aqui é ficar alto, sem parecer rígido. Você está exalando confiança e força, não se preparando para uma inspeção militar. Se você parecer fraco com os ombros curvados e curvados, as pessoas vão sentir fraqueza. Se você anda como se tivesse um cabo de vassoura em sua espinha, as pessoas perceberão a arrogância. Então, relaxe os ombros e mantenha a cabeça alta.

– Eu fui ensinado desde jovem que a primeira coisa que você faz quando se apresenta a alguém é apertar a mão. Não deve ser uma batalha. Você não está tentando esmagar a mão da outra pessoa, embora existam momentos específicos em que seja necessário um aperto de mão mais firme do que o normal. Por exemplo, a primeira vez que você conhece um menino que vai levar sua filha em um encontro romântico. Em circunstâncias normais, mais civis, você deseja que seu aperto de mão seja firme, mas não esmagador. Muito pode ser dito em um aperto de mão simples, então, certifique-se de que está propagando a mensagem certa.

– Sua posição é extremamente importante para definir o clima de uma conversa. Abrir sua postura para a pessoa que você está falando dá uma sensação de vulnerabilidade a eles. Isso faz você parecer mais acessível e agradável. Se os seus quadris estiverem fora do centro, ou você estiver virado mesmo um pouco para o lado, você dá uma impressão de ser desligado ou estar na defensiva. Mantenha estas duas coisas em mente quando você está falando com alguém, porque ambas as posições têm boas e práticas aplicações.

– Um dos maus hábitos que eu tive que quebrar foi a tendência de se apoiar nas coisas quando falava com as pessoas. O simples ato de se encostar contra uma parede ou colocar uma mão na parede pode fazer você parecer muito casual. Você deve enviar uma mensagem com todo o seu corpo e, se essa mensagem for “Eu não consigo me levantar sozinho”, as pessoas não vão ouvir.

– Tenho um problema sério com a “síndrome do relaxado”. Eu não quero parecer malvado, eu sempre pareço estar franzindo o rosto. Lembro-me de uma vez no meu antigo escritório onde vi uma mulher descendo o corredor. Neste dia em particular, aconteceu de iniciar uma conversa, e ela disse: “você é tão legal, eu sempre pensei que você era chato.” Eu perguntei por que ela pensava assim, e ela disse que eu simplesmente parecia malvado. Nunca me ocorreu que o meu rosto passou essa impressão, então eu sempre me preocupei em sorrir para as pessoas quando as vejo, então elas não nutrem impressão errada.

Contato olho a olho é provavelmente o aspecto mais importante da linguagem corporal que as pessoas bagunçam. Se você está falando com alguém e seus olhos são deslocados, parece que você está sendo enganador ou distante. Então, novamente, se você buscar intensamente os olhos de alguém durante todo o tempo que você está falando, você pode liberar uma vibração
séria. Encontre esse meio-termo feliz entre intensidade e diversão, de modo que quando você faz contato visual ao longo de sua interação, passa respeitabilidade.

– Um aspecto importante do idioma corporal em uma conversa é prestar atenção ao idioma corporal da outra pessoa, tanto quanto você presta atenção à sua. Uma técnica que funciona para refletir o que eles fazem. Se cruzarem os braços, cruze os seus. Mais uma vez, isso faz com que alguém tome conhecimento de sua linguagem corporal e permite que você mude a sua. Eu recomendo sinceramente tentar isso apenas para ver o quão bem funciona.

Fonte: Iheartintelligence

Traduzido por Otávio Caruso – Equipe Revista Bem Mais Mulher

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher

Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS