Por: Nikita Mor

1-Criar desculpas para o comportamento dos outros.

Pare de racionalizar o mau comportamento dos outros com você. Não crie desculpas para aguentar ser mal tratada. Algumas pessoas serão más e manipuladoras, tirando vantagem da sua bondade. Não dê a elas a chance de explorar sua empatia.

2-Manter a paz a qualquer custo.

Você pode ser amante da paz, mas às vezes é necessário lutar contra. Não evite o conflito. Escolha ser assertiva mesmo odiando o confronto. Se você se permitir ser pisada, as pessoas podem confundir sua gentileza com fraqueza.

3-Não expressar exatamente o que você sente.

Se expresse! Contanto que não esteja machucando ninguém, diga o que você está de fato sentindo. Você não precisa sempre ser educada por medo do conflito. De vez em quando é necessário falar o que você pensa, não importa o que os outros irão pensar.

4-Tentar ser perfeita.

Se conecte com quem você realmente é. Explore seus pensamentos e emoções mais profundas. Não coloque os outros em um pedestal enquanto se martiriza por seus erros e falhas. Aceite suas fraquezas, e lembre-se de que ninguém é perfeito o tempo todo.

5-Fazer todo mundo feliz.

Pare de tentar agradar todo mundo. Ao final do dia, alguém sempre terá algum tipo de problema com você. Não dá para fazer todo mundo feliz, então não se preocupe com o que os outros pensam de você e faça a coisa certa.

6-Se submeter ao abuso emocional.

Reconheça quando estiver sendo dominada, traída, culpada por algo e induzida a se sentir péssima sobre você mesma. Não deixe que qualquer pessoa projete suas próprias inseguranças sobre você. Ninguém deve te fazer sentir-se inferior sem o seu consentimento. Dê um fim ao ciclo vicioso de vítima-abusador ao sair dele.

7-Assumir que o mundo é um lugar justo.

Pare de viver em negação e encare a realidade da situação. Não deixe sua ingenuidade e idealismo excessivo te cegarem de enxergar a verdade. O primeiro passo é saber diferenciar o bem do mal, e reconhecer o que é certo e o que é errado.

8-Dizer sim quando quer dizer não.

Não permita que ninguém te faça se sentir errada por defender seus ideais. Você tem uma voz, merece ter uma opinião e o seu senso de valor próprio não depende de aprovação externa. Não deixe que ninguém te faça sentir culpada por dizer não.

9-Colocar as necessidades dos outros antes das suas.

Suas necessidades são tão importantes quanto as dos outros. Você é humana como todas as outras pessoas da sua vida. Existe um limite para os sacrifícios e compromissos que você pode fazer. Não se perca tentando suprir nos outros o que eles mesmos não conseguem.

10-Pensar que você não é suficiente.

Você é digna de todas as coisas maravilhosas que a vida tem para oferecer. Conforme você tenta ser uma pessoa melhor a cada dia, você é boa o suficiente. Recupere seu próprio poder, assuma a responsabilidade por sua mente e corpo e dirija sua própria vida.

Texto originalmente publicado no Thought Catalog, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Mais Mulher

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.