A tentativa de feminicídio vivida por Elaine Caparróz, 55 anos, aos poucos vai tendo os seu detalhes de covardia e crueldade revelados.

A empresária foi vítima de espancamento por quatro horas na madrugada do último sábado, por Vinicius Serra, 27 anos, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O agressor alegou ter tido um “surto psicótico” para o ato de selvageria cometido, porém os porteiros do condomínio informaram que Vinicius se identificou como Felipe. A informação é do Jornal o Dia.

“Fui conversar com o porteiro e ele [Vinícius] afirmou que se chamava Felipe. Há imagens e protocolos que mostram o nome dele como Felipe na entrada do prédio. É preciso averiguar por que ele deu um nome falso. Será que tinha intenção de fazer algo? Como um surto dura quatro horas?”, questionou Rogério Perez, irmão da vítima.

Encontro

Elaine conversou durante oito meses com Vinícius nas redes sociais, após esse tempo de relacionamento ela sentiu confiança para marcar o primeiro encontro com o agressor.

Mas durante a madrugada de sábado em um ato covarde e sem nenhum motivo, o acusado começou a espancá-la.

Crime

Foram diversas fraturas, hematomas provocadas por socos e chutes no tórax e ainda 40 pontos na boca.

“Cada vez que eu vejo a minha irmã eu não consigo reconhecê-la. Aquela pessoa que está ali desfigurada não representa, diretamente, a fisionomia da minha irmã. Ele deixou a minha irmã numa situação que eu a não reconheço. Toda vez que eu chego lá para visitá-la eu fico chocado. Não tem como se acostumar como ela ficou”, desabafa Rogério Perez, 44 anos.

Apesar do suspeito alegar que acordou “em surto”, amigos de Elaine acreditam que o crime foi totalmente premeditado. Vinicius foi preso em flagrante após os porteiros e vizinhos acionarem a Polícia Militar.

Kyra Gracie, lutadora de jiu-jitsu, que é ex-cunhada da vítima, postou um desabafo emocionado nas redes sociais sobre o ocorrido.

View this post on Instagram

Com uma dor no coração venho falar com vcs sobre esse episódio de tentativa de homicídio… A gente nunca acha que pode chegar tão perto de nós. É uma sensação horrível, de aperto no peito, mãos atadas… ⠀ Vinicius Batista Serra, advogado, morador do Leme, no Rio de Janeiro, agrediu brutalmente uma mulher muito próxima da minha família de maneira premeditada e tentou o feminicídio. Um monstro! ⠀ Ele foi preso em flagrante e como é de se esperar de todo covarde, está alegando surto psicótico para que seus advogados possam tentar uma pena mais branda. Em seu último depoimento disse que não lembra de nada. ⠀ Que a justiça seja feita e a pena para esse crime tão grotesco seja dura! A sociedade e a justiça não podem mais permitir que psicopatas como esse permaneçam impunes e em convívio com a sociedade. Por favor, compartilhem a foto desse mostro para que todos saibam quem ele é. ⠀ Inacreditável ainda é escutar de alguns “o que ela deve ter feito pra ele fazer isso?” Q mundo é esse? ⠀ Provavelmente este psicopata deve ter um histórico de violência contra outras mulheres. Denunciem! ⠀ Passe para o lado e veja a crueldade.

A post shared by Kyra Gracie.Jiu-Jitsu.Brazil (@kyragracie) on

  • Siga a Revista Bem Mais Mulher no Instagram aqui.
  • Curta a Revista Bem Mais Mulher no Facebook aqui.

Com informações:Metrópoles

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.