Por: JCS

O pequeno Michael Labuschagne é um verdadeiro lutador desde seus primeiros dias de vida. O bebezinho aos 10 meses de vida acordou completamente sem fôlego o que resultou em uma parada cardíaca. Seis meses após a coma ele de súbito acorda com um sorriso maravilhoso estampado no rosto e com a saúde perfeita, os pais ficaram perplexos e muito otimistas com essa recuperação que desafia as leis da ciência. Os médicos ficaram espantados com esta recuperação inexplicável no hospital de Bristol, na Inglaterra.

Assim que Michael chegou ao hospital com a parada cardíaca, os médicos querendo que ele não tivesse problemas futuros e sequelas, procederam um coma induzido. A equipe médica previa que poderia ter danos cerebrais irreversíveis, disseram aos pais que possivelmente ele não acordaria mais.

Contudo, o pequeno lutador mostrou-se superior, desafiou as leis da ciência, combateu as leis do universo, contradizendo o diagnóstico da equipe médica que ficou extremamente feliz ao ver o bebê acordar, surpreendentemente Michael voltou à consciência de maneira natural e sorrindo para o seu pai Stuart Labuschagne que ficou extremamente feliz.

Sua mamãe Emma, muito feliz afirma: “É um momento que eu aprecio com cada centímetro do meu coração. Para ser sincera, deve ser o momento mais feliz da minha vida. Ele é um milagre vivo! E nunca nos sentimos tão orgulhosos dele”. Disse a mãe.

A boa notícia foi que os resultados da saúde cerebral deram positivo e sem preocupações, contudo, o que aflige os país é que outros exames acusaram um tumor no coração do pequeno Michael.

Recentemente eles promoveram uma campanha de arrecadação para poderem cobrir a cirurgia que custa aproximadamente U$.147.000, que deve ser feita em um hospital de Boston, nos EUA, pois eles são especialistas em retirar esse tipo de tumor.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.