Após passar por uma experiência que por pouco não tirou sua vida, o apresentador Pedro Bial, contou o que aconteceu em um programa de televisão e disse que vai mencionar isso no livro que está escrevendo.

“Me deu pena, me deu uma dó de ir embora tão cedo, a festa está boa, e eu nem aprendi a dançar ainda. Mas desde então eu estou pensando muito nisso, escrevendo sobre isso, fui provocado pelo Dráuzio Varella, que escrevesse sobre a experiência”,  Bial explicou no programa A Arte do Encontro, que foi exibido na quarta-feira, 8 de novembro, no Canal Brasil.

O apresentador admitiu na conversa diz não possuir fé: “Eu não acredito em po**a nenhuma, aí não posso dizer que tenho fé. E isso é mal de profissão. Eu não conheço nenhum jornalista que acredita em alguma coisa, pelo menos nenhum bom jornalista, e eu me considero um jornalista razoável”, polemizou Bial

Colega de emissora de Pedro Bial, Cesar Tralli, revelou em um post que crê sim em Deus, não chegou a mencionar qual.

A declaração de Tralli, foi contra o que Bial pensa, que bons jornalista (os que ele conhece, pelo menos) não acreditam em Deus. É de se pensar inclusive que Bial e Tralli nem se conhecem pessoalmente!

Leia o que Tralli declarou nesta sábado, 2 de dezembro, dia de seu casamento: “É hoje! Seis meses voaram…desde que a Tici aceitou meu pedido de casamento em 12 de Junho, Dia dos Namorados. Desde então, sonho com nosso casamento. E venho pondo em prática este sonho com todo meu amor, dedicação e verdade. Procurei amigos, colaboradores, profissionais que de fato entendessem o real valor de fazer um casamento para duas pessoas que creem em Deus, que valorizam a família, a importância de cuidar e de ser cuidado”.

De duas uma: ou Bial e Tralli não são nem colegas, ou Bial o considera um mau jornalista.

Publicado originalmente no site Flor Santa

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.