Os seres humanos não se cansam de destruir o planeta e suas espécies. Não percebemos os sérios danos que causamos aos animais, ao meio ambiente e, é claro, a nós mesmos.

Na costa sudeste das Filipinas, um baleia foi encontrada faminta, desidratada e vomitando sangue. Finalmente o animal morreu e cientistas locais fizeram uma descoberta terrível dentro de seu estômago: 40 quilos de lixo . Incluindo vários sacos de compras e 16 sacos de arroz. O plástico começou a se calcificar.

Trabalhadores D’osso Collector Museu resgatou a baleia e compartilhou a descoberta em sua conta no Facebook.

O biólogo marinho e fundador do museu, Darrell Blatchley explicou que os cetáceos – uma família de mamíferos aquáticos que inclui baleias e golfinhos – não bebem água do oceano, mas obtêm a água dos alimentos que comem. Como a baleia não era mais capaz de consumir grandes quantidades de comida devido ao plástico ingerido, ela morreu de desidratação e fome.

Esse fato chocante fez com que multidões pedissem ao governo filipino que tomasse medidas contra as pessoas que jogam plástico no mar. O uso de plástico é um problema particular em alguns países do sudeste asiático.

As Filipinas são o terceiro maior poluidor dos oceanos, depois da China e da Indonésia, segundo o Greenpeace. Juntamente com o Vietnã e a Tailândia, eles representam 60% dos resíduos plásticos que acabam nos oceanos.

Com informações:G1 & UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.