A Fundação Nowill para Cegos, está a 70 anos promovendo a inclusão das pessoas com deficiência visual em todo o mundo.

Agora em parceria com a Universidade Estadual Paulista (Unesp), as duas instituições anunciaram um projeto com a Lego Foundation, que vai criar peças de Lego customizadas para o braille, com o objetivo de ensinar à crianças deficientes visuais.

Início

A Fundação Dorina Nowiill em 2016 lançou o Braille Bricks, após um ano a ideia foi levada para votação no site Lego Ideas, porém o projeto não alcançou os 10 mil votos necessários para a viabilização de produção em escala global.

Porém, agora em 2019 o plano deu certo e o Grupo Lego e a Lego Foundation, anunciaram o lançamento mundial do Lego Braille Bricks, durante a conferência de marcas sustentáveis em Paris, na França.

Braille Bricks

São blocos de lego com pontos em relevo que representam uma letra ou número do alfabeto braille.

Ika Fleury, Presidente do Comitê Braille Bricks da Fundação Dorina Nowill para Cegos, declarou que o objetivo do projeto é aumentar em muito o número de crianças com deficiência visual alfabetizadas. O projeto pretende envolver 763 mil estudantes no Brasil, sendo 11,6 mil os que têm deficiência visual.

O Braille Bricks é composto por cerca de 250 peças que cobrem o alfabeto completo, entre numeros de zero a nove, símbolos matemáticos selecionados e jogos interativos.

No terceiro trimestre de 2019, a Lego vai lançar as versões em alemão, espanhol e francês.

Com informações:Hypeness

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.