Um simples abraço pode ter efeitos psicológicos profundos como:

1. Reduzindo o seu medo da mortalidade.

O que é bem interessante! Uma pesquisa publicada na revista Psychological Science mostra que abraçar e simplesmente tocar alguém reduz o medo da mortalidade amenizando os medos existenciais. “O toque interpessoal é um mecanismo tão poderoso que mesmo objetos que simulam o toque de outra pessoa podem ajudar a incutir nas pessoas uma sensação de significado existencial”, escreveu o pesquisador Sander Koole no estudo.

2. Abraçando reduz sua freqüência cardíaca.

Um experimento conduzido na Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, descobriu que os participantes que não tinham nenhum contato com seus parceiros desenvolveram uma frequência cardíaca de 10 batimentos por minuto mais rápida. Comparativamente, os batimentos cardíacos daqueles que fizeram contato com seus parceiros não foram tão rápidos.

3. Os bebês que são abraçados experimentam menos estresse quando adultos.

Se você quer ajudar o futuro, abrace um bebê! Um estudo da Universidade de Emory descobriu que, em ratos, o toque e o alívio do estresse estavam conectados, especialmente no início da vida. O estudo descobriu que o mesmo vale para os seres humanos também, observando que os bebês lidaram melhor com o estresse quando adultos, se fossem abraçados e segurados mais.

4. Função imunológica melhorada.

Uma nova pesquisa mostra que os hormônios do abraço são o que eles chamam de imunorreguladores. Basicamente, esses hormônios têm um profundo impacto na maneira como nosso sistema imunológico funciona. Isso também combina com a natureza relaxante dos abraços. Se você quer um sistema imunológico mais forte, abrace?

Muito interessante, não é? Talvez seja o momento de abrir um os abraços e abraçar alguém !

Texto originalmente publicado no Higher Perspectives, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Mais Mulher

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.