Silas Adekule é co-fundador e CEO da empresa Reach Robotics e construiu o primeiro robô de jogos do mundo. Apenas com 26 anos, tornou-se recentemente no jovem mais bem pago do mundo no campo da engenharia robótica, após assinar contracto com a Apple.

Silas nasceu e estudou em Lagos, na Nigéria e durante a adolescência mudou-se para o Reino Unido, onde fez o ensino secundário e mais tarde formou-se em Robótica na University of West England.

Em 2013 fundou a Reach Robotics (empresa que desenvolve os primeiros robôs de jogos do mundo) e, num espaço de quatro anos, o jovem engenheiro desenvolveu experiência necessária em robótica.

Adekunle também foi líder da equipa do programa Robotics In Schools, um programa que incentiva e presta mais atenção aos alunos de Ciências, Tecnologias, Engenharia e Matemática (STEM). E, de forma a tornar a educação e ensino mais divertido, Silas Adekunle desenvolveu trabalho na área da robótica para os alunos da STEM.

Em 2017, Silas lançou o Mekamon, o primeiro robô de jogos do mundo, com a capacidade especial de personalizar o bot de jogos para executar funções personalizadas. O lançamento inicial do Mekamon vendeu 500 bots, o que gerou 7,5 milhões de dólares.

Após este feito, o jovem nigeriano recebeu apoio de várias organizações, incluindo a London Venture Partners. Mas a Reach Robotics assinou um contrato com a Apple garantindo vendas exclusivas nas lojas da Apple, e os robôs podem ser encontrados nas lojas dos Estados Unidos e na Grã-Bretanha.

“Os primeiros clientes na sua maior parte são técnicos masculinos, mas um número cada vez maior de pais tem comprando os robôs para os seus filhos para que estes se interessem por STEM”, disse Adekunle à Forbes.

Adekunle foi nomeado como “Someone to Watch in 2018” (pessoa a observar, na tradução literal do inglês), pelo Black Hedge Fund Group. Abaixo podes ver uma entrevista do jovem nigeriano mais bem pago do mundo na área da robótica:

Via:Bantumen

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.