Por: Luciana Marques

Permanecer, romper ou recomeçar… Qualquer direção na relação exige coragem. Não importa se você está, se vai partir ou já partiu… Seja qual for sua decisão, eu sei que precisa de coragem… E admiro muito sua coragem em estar onde está agora. Não se compare, não se culpe, não se julgue. Seu caminho é muito particular e não cabe a ninguém julgar sua coragem, seja ela a de ficar, partir ou recomeçar…__Luciana Marques

“Você é doida! Tem tudo, uma vida boa, filhos, são tantos anos… Pensa direito, você vai se arrepender depois”.

Faz um tempinho que a vida me deu a graça de ter em meu convívio mulheres fortes das quais me orgulho muito.

Em respeito a elas vou conter o desejo imenso de citar nomes. São guerreiras vestidas de coragem, quer estejam em um relacionamento, saindo, ou fora dele. Seja qual for a situação, coragem é o sobrenome delas.

São as que assumiram em alguma parte do caminho a morte do sentimento dentro delas, a vontade de abrir as janelas e alçar voo em rumo ignorado. O medo; a culpa; a determinação… A coragem!

Pra quem fica no relacionamento depois de constatar que já não deveria mais estar ali, quem abdica de sentimentos, desejos, de si mesma em prol de algo maior, quem confessa o fracasso e permanece… É preciso coragem!

Ficar é muito difícil quando cada poro seu exala a vontade gritante de partir. E quem fica desejando ir e confessa o desejo da partida, não raro fica atrelado aos sentimentos alheios, sejam pelos filhos, pela família, pela sociedade… Não tem nada a ver com o material. A abnegação vem em forma do mais puro sentimento… “A única coisa mais difícil que ficar é partir”… A coragem é reunida para que a permanência aconteça.

Para quem decide partir… Coragem! Olhar no entorno, ver as impressões nas paredes, as mãos suja das crianças naquele interruptor que você prometeu limpar semana passada… Os quadros nas paredes, os porta-retratos gritando por uma realidade que já não existe. As roupas estendidas sobre a cama, ensaiando a entrada na mala. Um misto de anseio pela liberdade, tristeza pelo fim, medo do recomeço e… Coragem!

E para quem partiu… Coragem! O recomeço é uma das coisas mais desafiadoras que conheço. Passado o frenesi da liberdade, a euforia do novo, o medo se instala, as incertezas, os “se”. A vontade de dar meia volta e retornar à zona de conforto é impedida pela coragem de ter tido forças para recomeçar. Para romper um ciclo, abrir mão de coisas, de pessoas muitas vezes para sempre… Coragem!

E quando a gente parte faz-se fila para o inquérito da partida, para os julgamentos, as críticas… As opiniões que ninguém pediu, mas que chegam a baldes. Se você não saiu com hematomas físicos, raquítica, com dentes faltando… Não tinha motivo para partir, é o que dizem. Se as contas estavam pagas, havia bens materiais em jogo, se te viam no shopping brincando de comercial de margarina… “Meu Deus, o que mais você queria? Nada é perfeito! Você precisa se sacrificar um pouco”! É o que dizem…

Ninguém te pergunta por que com ouvidos realmente dispostos a entender, ou ao menos escutar. Não faz sentido pra muita gente se você é maluca o suficiente para “abrir mão de tudo” e sair pelo mundo assim. E quase ninguém para pra pensar no que realmente deveria nos fazer ficar… Entender que você não está abrindo mão de tudo, está deixando coisas supérfluas de lado para buscar o que realmente importa.

Por que você fica? O que te prende numa relação? O que mata sua vontade de partir e desperta em você o desejo imenso de permanecer?

Ainda há quem acredite no amor. Na felicidade. Na amizade, reciprocidade, cumplicidade, companheirismo, respeito, fidelidade e lealdade. Nada disso está a venda nos supermercados. Não são acessórios de carro novo, não estão em prateleiras de magazines. Nada disso se compra e nenhum capital no mundo consegue suprir a necessidade de coisas tão importantes. E para essas pessoas que ainda acreditam o dinheiro, o material não significa nada.

“Só preciso do básico mesmo. E de um amor, é claro”! – Foi isso que uma amiga me disse ontem, ao me contar da coragem em abrir mão de uma vida material confortável para buscar o que se perdeu dentro dela: o amor e a felicidade. A paz de estar bem consigo mesma.

E assim como ela, tantas outras por aí estão expondo o coração e alma mundo a fora buscando o que lhes é de direito. Uma geração de mulheres que não se prende mais aos ritos sociais e deu voz ao coração. Porque se o coração não estiver gritando… Torna-se tão difícil ficar…

Eu não sei se você está permanecendo, saindo ou recomeçando… Se sua permanência é feliz, ela também requer coragem, pois construir uma relação feliz é tarefa igualmente árdua, um exercício diário e contínuo para reforçar os alicerces do amor.

Se você está atrelada aos sentimentos alheios enquanto omite os seus e permanece desejando partir, tem minha admiração. Não vou te dizer que está errada e admiro sua coragem em ficar quando tudo em você já partiu. Seu travesseiro deve conhecer dores que ninguém imagina…

Se está saindo… Minha admiração também! Não é fácil não olhar pra trás, mesmo quando você tem um destino certo à frente. O sentimento é conflitante dentro de nós e eu só queria te dizer que você não fracassou… É que as etapas têm seu final e agora… Recomece! Reúna essa coragem para construir seu recomeço.

E você que recomeçou… Que foi comprar escumadeira nova e olhou pra aquela janela estranha com cortinas novas. Que enxerga velhos móveis em uma nova casa e tenta assimilar o recomeço. Você que se olha no espelho e inspira a liberdade, mudou o visual, o guarda-roupa, os planos, deu outro norte pro coração… Eu sei que tudo isso requer coragem todos os dias pra te lembrar dos motivos que te levaram nessa direção e te guiarem adiante. Minha admiração por você!

Não importa se você está, se vai partir ou já partiu… Seja qual for sua decisão, eu sei que precisa de coragem… E admiro muito sua coragem em estar onde está agora. Não se compare, não se culpe, não se julgue. Seu caminho é muito particular e não cabe a ninguém julgar sua coragem, seja ela a de ficar, partir ou recomeçar…

Luciana Marques

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.