Dor lombar na gravidez é uma condição que inúmeras mulheres passam todos os dias.
Muitas mamães passam por esse período sem nem se dar conta, já para outras esse é um
período um pouco mais turbulento para os seus corpos e isso é normal.

Apesar de ser uma situação normal que acomete até dois terços das gestantes, ela não
precisa ser normalizada. Existem várias formas de manejar essa situação dolorosa sem
colocar em risco a criança ou a mãe.

Nesse sentido, falaremos um pouco sobre o porquê da lombalgia durante o período da
gravidez e também separamos 4 dicas importantes para ajudar a mulher a lidar com essa
situação.

Curiosa? Continue lendo esse texto e descubra se ajudar!

O que causa a dor lombar durante a gravidez

Antes de dar as valiosas dicas sobre como aliviar a dor lombar durante um período cheio de
mudanças na vida da mulher, vamos explicar um pouco porque isso acontece.As mudanças que a gravidez impõe no corpo da mulher são diversas, dentre elas, é preciso
otimizar o espaço da cavidade abdominal para acomodar o bebê que está crescendo. Isso é
feito às custas do tônus muscular abdominal.

Isso faz com que o centro de gravidade da mulher mude e também a sua postura,
colocando mais pressão nas costas, além, claro, do peso do feto. Este último fato também
contribui para as dores lombares por conta da pressão imposta às articulações.

Não somente, existe um segundo tipo de dor na região lombar que é bastante comum
durante a gravidez: dor nas nádegas. Esta é causada especialmente pelas alterações
hormonais que afrouxam as articulações que ligam a pelve à coluna vertebral.

Como consequência de todas essas alterações, o core da mulher tende a ficar
enfraquecido, favorecendo a essas condições dolorosas.

As dores são muito mais comuns no último trimestre e piora com o decorrer da gravidez.
Sendo a última etapa da gravidez, o feto já tem um tamanho considerável e as alterações
corporais na mulher são mais notáveis.

As dicas para aliviar a dor lombar na gravidez

Agora que você já sabe o que causa a dor lombar na gravidez, entenderá um pouco melhor
as intervenções que podem ajudar a manejar essa dor. Sendo assim, vamos às dicas:

1 – Preste atenção na sua postura

Essa pode parecer uma dica clichê, mas é especialmente na gravidez que é mais fácil
perder a noção da própria postura, tanto ao andar quando ao se sentar. O arqueamento das costas contribui bastante para a lombalgia e é bastante comum na gravidez.Tanto sentar-se todo o tempo quanto passar grandes períodos em pé são grandes fatores de risco para dores lombares.

Independentemente da situação, é importante fazer pausas requentes e até mesmo usar um travesseiro pequeno para ajustar as costas ao sentar-se.

Utilizar sapatos confortáveis e evitar agachar-se também auxiliam na tarefa de preservar a
integridade da coluna. Ao levantar peso, não utilize a lombar, mas sim as pernas para fazer
o movimento.

Outro ponto interessante é o cuidado ao levantar-se de cadeiras, da cama e até de
banheiras, sem movimentos bruscos e, preferencialmente, com a ajuda de terceiros ou de
um apoio bem posicionado.

2 – Pratique exercícios físicos

Caso você esteja liberada pelo seu obstetra para praticar exercícios físicos, estes também
são ótimas ferramentas que podem ajudar no combate as dores lombares.

Uma das causas da dor é o enfraquecimento dos músculos do abdômen e das costas,
sendo assim, restaurar a força desses grupos musculares fará toda a diferença para
sustentar o corpo da mulher. Não somente, exercícios auxiliam na elasticidade e
flexibilidade inclusive na coluna vertebral.

Alongamentos também são muito bem-vindos para ajudar a relaxar esses músculos.

3 – Fique longe de estresse

Gravidez não é um período necessariamente calmo e estar inserida no estresse do dia a dia
somente tende a piorar casos de lombalgia uma vez que contribuem para tensão muscular.

Sendo assim, se esse for um fator comum no seu dia, aprender técnicas de relaxamento
como massagem, meditação, aplicação de compressas quentes e frias, além de um sono
reparador, fazem completa diferença na experiência da gravidez para a mulher.

4 – Outras abordagens

Quando a medicina ocidental falha, a oriental vem bem a calhar, sendo assim, tratamentos
que utilizem tratamentos alternativos como acupuntura podem ajudar a preservar a boa
saúde da mulher grávida.

Ademais, esses tratamentos também são conhecidos por ajudar no manejo da dor, dentre
elas, a dor lombar.

É importante deixar claro que nenhuma medida para aliviar a dor lombar na gravidez deve
ser feita sem o consentimento do seu obstetra.

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.