Você já sentiu aquela estranha sensação de que deve agir de uma certa maneira, porque algo vai acontecer?  É certo que na maioria das vezes é apenas uma sensação e nada de fato acontece.

Porém existes vários casos de pessoas que seguem sua intuição e graças a isso podem fazer belas descobertas ou evitar certos desastres.

Um desses casos foi o de é Dani Mc Kissick , uma garota que durante seu trabalho começou a se sentir sobrecarregada e sabia que algo estava acontecendo … mas ela não sabia o quê, até que ela resolveu ir para casa.

De acordo com as palavras dela, algo de repente a atingiu como um soco no estômago e então ela sabia que deveria ir ajudar um animal naquele mesmo dia. Então, ao invés de dirigir para casa, ela virou o carro e começou a ir para o Harris County Animal Shelter, em Houston, Texas.

Ela tinha dois gatos e um filhote como animais de estimação esperando por ela em casa, então ela não tinha intenção nenhuma de adotar mais nenhum pet. Porém sentia que um animal precisava de sua ajuda e ela estaria disposta a ajudar.

“Eu não tinha ideia do que ia fazer lá. Eu pensei que talvez fosse doar ou ser voluntária “ , disse McKissick. “Eu até enviei uma mensagem para minha irmã e disse a ela que iria para um abrigo e não era para me deixar adotar um animal!”

Além disso Dani sofre de transtorno de ansiedade, então a viagem de 45 quilômetros tornou-se bastante opressiva para ela.

Quando enfim ela chegou,  sabia que estava no lugar certo. Um empregado aproximou-se dela e contou-lhe sobre Honey, um cachorro de nove anos e que naquela mesma noite seria sacrificado porque ninguém o adotou.

E quando ela conheceu, seu rosto terno e doce olhar derreteu seu coração e ela entendeu por que estava lá. Dani tinha que salvá-la e dar-lhe uma nova chance. Ela chegou bem a tempo.

“Algo me atraiu automaticamente para ela”, disse Dani. “Eu sempre tive um ponto fraco no coração para animais mais velhos ou doentes.”

Honey era muito alérgico, tinha uma infecção respiratória e uma série de outros problemas de saúde, mas isso não era um impedimento para Dani querer levá-lo para casa e torná-lo parte de sua família. Então, no dia seguinte , ela a adotou e em apenas uma semana ele estava perfeitamente adaptado.

“Depois de levá-lo ao veterinário várias vezes e levá-lo a um especialista em alergia, com a medicação e à comida certa, ele é um cão completamente novo”, disse McKissick. “Meus outros animais a amam e todo mundo age como se ele estivesse aqui o tempo todo!”

Agora eles são uma linda família e tudo graças à intuição de Dani McKissick.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Mais Mulher

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.