Por Içami Tiba

“Qualquer que seja a família, o projeto racional de educação é de formar um cidadão ético. Já não basta mais ser cidadão, precisa ser ético”.

E educar não é simplesmente fazer o que já se sabe, mas atualizar, quebrando velhos modelos equivocados.

Aproveito para contrapor aos equívocos da tradição, alguns dos novos paradigmas da educação que valem, desde já, para os pais ficarem atentos a tais ações e condutas. Novos paradigmas exigem:

1. Praticar o atendimento integral: parar, ouvir, ver, pensar e agir;

2. Respeitar os filhos como seres pensantes, sensíveis, criativos, alegres, brincalhões e essencialmente bons;

Leia também: A maioria de nós poderia ser mais do que é – Leandro Karnal

3. Ser pai e mãe coerentes, constantes e consequentes nos seus comportamentos e ensinamentos aos filhos;

4. Que a família tenha um funcionamento horizontal (plano), isto é, todos têm direitos e obrigações conforme os seus níveis de desenvolvimento físico e mental;

5. Entender que a família é um time no qual cada um joga na sua posição mais adequada para melhor desempenho da equipe;

6. Compreender que não há ninguém superior nem inferior a ninguém, mas há os mais e os menos desenvolvidos em determinadas áreas;

7. Fazer valer o princípio da Cidadania Familiar: ninguém pode fazer em casa o que não poderá fazer na sociedade; todos têm que praticar já em casa o que terão que fazer na sociedade; cuidar da Terra como se fosse a própria casa.”

(Içami Tiba, livro: Quem Ama, Educa!)

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.

COMENTÁRIOS