A mãe do pequeno Diogo, de apenas quatro anos, deu uma aula sobre como educar o filho para que ele não cresça e se torne um homem machista.

Ela conta que deixou o filho de castigo no quarto, permitindo somente ir ao banheiro, por algumas horas, para que ele pensasse no que tinha feito e aprendesse com seu erro.

Mas, Tavane fez mais: no dia seguinte, ela voltou a falar com Diogo sobre o assunto e teve a ideia de mandá-lo para escola com um vaso de flores e um pedido de desculpas para a coleguinha.

Ela publicou no seu perfil no Facebook a foto do menino segurando o vaso com violetas e explicou: “Depois de muita conversa, castigo ontem, hoje foi o dia de levar flores para a coleguinha que ele empurrou ontem na escola. #naosebateemmulher #sóflores #sócarinho #vaiserumprincipe #nãoéfácil”. Veja o restante da matéria aqui

  • Siga a Revista Bem Mais Mulher no Instagram aqui
  • Curta a Revista Bem Mais Mulher no Facebook aqui.
  • Fonte:Razões para Acreditar
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.