Esta mulher foi fotografada por um internauta que se sensibilizou com o que viu, em plenos 40 graus no Rio de Janeiro, e compartilhou no Facebook. Andréia sai para trabalhar com sua bicicleta onde vende seus produtos e, curiosamente, ela adaptou na bicicleta um cesto (tipo carrinho de bebê) onde deixa seu filho, coberto por um guarda-chuva. Assim, ela pode trabalhar e cuidar da criança que fica bem perto dela.

Este é mais um caso de mulheres precisam trabalhar para pagar as contas de casa e não têm onde deixar seus filhos em um ambiente seguro e protetor. A cena pode demonstrar coragem, amor e até mesmo sufoco por não ter com quem deixar o filho.

Há quem diga que se trata de uma mulher que não tem uma “rede de apoio”, tanto do governo quanto de familiares, por isso, ela sobrecarregada com suas obrigações tem que sair à luta e expor seu filho em um ambiente precário.

Por outro lado, há quem diga que ela é uma guerreira, batalhadora, um exemplo a ser seguido que não mede esforços para trazer sustento para casa e seu filho.

Quem pode julgar esse caso? Ela teve seus motivos, Andréia faz parte de um grupo de mulheres que mesmo sem ser assistência decide “se virar nos trinta” para não deixar a “peteca cair”, trabalhar e sustentar a sua casa e pagar os seus boletos, que não param de chegar em sua casa.

Um tremendo calor no Rio de Janeiro, batendo 40 graus, encontro essa mulher guerreira chamada Andreia que não se faz de…

Publicado por Fique por Dentro em Terça-feira, 16 de novembro de 2021

 

RECOMENDAMOS






Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.