“Quando minha pequena tinha apenas um mês de idade, sua mãe decidiu nos deixar”, Richard Johnson começa sua história.

Dias depois do nascimento de sua filha, a mãe, que morava em uma cidade distante da dele, ligou para ele e ameaçou que se ele não viesse logo, ela daria a menina para adoção. Sem entender o porquê, ele pegou o primeiro voo e  levou a bebê para casa. Com 21 anos, aprendeu a ser pai e a cuidar da filha Perséfone.

Richard Johnson  nunca mais ouviu fala da mãe de sua filhinha. No início ficou com muito  medo, no entanto, com o passar do tempo, ele conseguiu lidar com a situação e cumprir ambos os papéis. Com a ajuda de pais solteiros e livros de maternidade, ele aprendeu o essencial para criar sua filhinha.

Meses após o evento, Johnson refletiu sobre isso e seguindo histórias que ouviu enquanto aprendia a ser pai, ele percebeu que sua ex-parceira sofria de depressão pós-parto. Foi então que ele decidiu compartilhar sua história através de redes sociais, que levou apenas alguns minutos para se tornar viral.

“Sou Richard Johnson, pai solteiro da adorável Perséfone.

Quando a minha pequena tinha apenas um mês de idade, a mãe decidiu deixar-nos, no início, eu não conseguia entender, mas mais tarde, entendi que talvez fosse depressão pós-parto.

Os primeiros dias não foram fáceis, me senti fraco mesmo quando tive minha filha comigo, fiquei nervoso e preocupado em não saber se poderia cuidar da minha filha.

Eu procurei pelos melhores e mais modernos livros sobre paternidade. Passei horas assistindo tutoriais no YouTube sobre como trocar a fralda de um bebê, como vesti-la, como alimentá-la, como pentear o cabelo e uma série de outras coisas sobre as quais tenho dúvidas.

Quando encontrei esta página, descobri que havia muito mais homens na mesma situação que eu, quando estava lendo, estava recuperando confiança em mim mesmos, eles me ajudaram de maneira muito significativa a lidar com a mudança.

Agora me sinto estável com a minha pequena, todos os dias aprendemos juntos e me sinto muito feliz por tê-la ao meu lado, ambos estamos felizes de ter um ao outro.

Agora minha filha tem 7 meses e agora sou eu quem dá conselhos a outros novos pais.

Nós dois evoluímos muito e só posso agradecer a esta página e às pessoas que criam todo o apoio, muito obrigado Persephone e Richard Johnson.”

Atualmente, Johnson vive com sua namorada Jennifer, que se apaixonou pela garota no exato momento em que a conheceu. No começo Johnson tinha medo que a relação não desse certo, no entanto seus medos desapareceram ao ver as duas juntas.

Texto originalmente publicado no UPSOCL, livremente traduzido e adaptado pela equipe da Revista Bem Mais Mulher

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.