O que começou como uma tarefa de classe se transformou em um trabalho digno de um autor ilustre para o jovem Benjamin Giroux, cujo poema sincero e emocional sobre a vida com autismo foi massivamente viral e moveu milhares de pessoas ao redor do mundo.

O então jovem de 10 anos de idade de Plattsburgh, Nova York, inspirou-se imediatamente depois que sua professora pediu aos alunos que escrevessem um poema sobre si mesmos, começando cada frase com “eu sou”.

Benjamin, geralmente não expressa muito suas emoções, abordou essa tarefa de casa com prazer e foi direto trabalhar nela.

“Eu sou estranho, sou novo, eu me pergunto se você também é”, Benjamin começou, quando ele começou a tentar expressar o que é viver com autismo.

Eu ouço vozes no ar
Eu vejo você não, e isso não é justo
Eu quero não me sentir triste
Eu sou estranho, eu sou novo
Eu finjo que você é também
Eu me sinto como um garoto no espaço exterior
Eu toco as estrelas e sinto fora de lugar
Eu me preocupo com o que os outros possam pensar que
eu choro quando as pessoas riem, isso me faz encolher
Eu sou estranho, eu sou novo
Eu entendo agora que você também
Eu digo eu, “sinto como um náufrago”
Eu sonho com um dia que é tudo bem
eu tento me encaixar
Espero que algum dia eu seja
estranho, eu sou novo.

Seus pais foram dominados pela emoção quando Benjamin lhes entregou seu poema para ler, palavras tão profundas e tocantes são raras e belas de uma mente tão jovem.

“No começo, nos sentimos tristes e magoados por ele se sentir isolado, sozinho, incompreendido e estranho na escola”, disse o pai de Benjamin, Sonny, ao Today.com. “Enquanto o poema continuava, percebemos que ele entende que é estranho e que todos os outros também estão à sua maneira, que é o que Ben quer que todos adotem.”

O poema foi escolhido pela Associação Nacional de Autismo, que compartilhou em sua página no Facebook.

Ele rapidamente se tornou viral e foi compartilhado quase 40.000 vezes, muitas vezes acompanhado pela hashtag de conscientização.

Desde então, Benjamin ganhou prêmios e assistiu com orgulho a sua obra-prima ter sido ilustrada para um livro infantil (que em breve será publicado), canções inspiradas e até mesmo usado em desenhos de tatuagens. Mas a parte mais gratificante para Benjamin é quando ele recebe cartas de pessoas como ele, que se sentem fortalecidas e inspiradas por suas belas palavras.

“Benjamin está bem”, disse o pai Sonny  “Ele está agora na 8ª série e cada dia é um novo dia.”

  • Siga a Revista Bem Mais Mulher no Instagram aqui.
  • Curta a Revista Bem Mais Mulher no Facebook aqui.

Fonte: Mob Notícias

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.