Foram diversas papéis principais em mais de 20 novelas, na rede Globo. Mesmo com esse currículo, Maitê Proença não teve o seu contrato renovado.

“Ser demitida é uma tristeza, mas não é algo para discutir no jornal. Eles [Globo] estão no direito deles. Não gosto de entrar num lugar com 20 e ser expelida aos 60. Ninguém gosta disso”, afirma a atriz à Coluna da Folha de São Paulo.

Confira alguns trechos da entrevista:

(Sobre a carreira na Globo)

“O cameraman começou junto comigo. A camareira me viu com 20 anos. É um bando de amigos, e isso cria uma rede de proteção, de conforto.

É ruim você não fazer mais parte disso. Porque alguém resolveu que você custava caro para a empresa ou qualquer outro motivo.”

Leia Também:Os 5 maiores arrependimentos no fim da vida, por Ana Claudia Quintana, médica geriatra

No ano passado, a Globo interrompeu contrato com outras três atrizes veteranas : Carolina Ferraz, Danielle Winits e Isabela Garcia, todas na faixa dos 50 anos.

(Sobre a experiência de vida)

Limpar uma privada foi uma das experiências mais transformadoras que Maitê Proença viveu nos últimos tempos. Foi durante uma viagem para a Índia em um exercício chamado de “meditação do trabalho”.

“Aquilo me deu uma alegria! Quis deixar como se tivesse limpado com a língua. Limpei cantos daquela privada que lá em casa sei que não limpa, porque fui reclamar com a minha faxineira, que ficou magoadíssima”, diz ela, que voltou do país há pouco mais de uma semana.

Fonte: Mulheres Maduras

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.