Nós nos apaixonamos por pessoas que se colocaram em nosso caminho para acelerar nosso crescimento espiritual e tirar proveito de nossos poderes internos.

Sua tarefa é nos mostrar que já possuímos as qualidades que precisamos para nosso desenvolvimento futuro. Só a alma encontra essas pessoas apesar do nosso bom senso.

A vida faz o que é suposto fazer.

Esta é a base do desenvolvimento pessoal, mas é também uma ilusão ao mesmo tempo. Na verdade, nos apaixonamos por nós mesmos, ou melhor, pelo nosso futuro ser.

Aquelas pessoas de quem gostamos refletem as qualidades que nossa alma precisa.

Cada defeito que eles tem praticamente desaparecem no momento em que a transformação começa.

Como regra geral, a transformação interna é dolorosa e começamos a adquirir as qualidades que amamos em outra pessoa.

Para que isso aconteça, temos que passar por algumas mudanças internas relacionadas às nossas perspectivas e pontos de vista pessoais.

Infelizmente, na maioria dos casos, isso se torna evidente somente depois que nos separamos. A dor nos catapulta para um novo mundo e quando finalmente estamos neste novo mundo, podemos olhar para trás sem emoção e observar objetivamente os eventos do passado.

A ilusão finalmente desapareceu e o que resta é a realidade objetiva. Portanto, não culpe os outros por suas expectativas não cumpridas.

Da próxima vez você será a razão por trás da mudança de alguém. Surge a pergunta: “Quando esses ciclos de amor terminarão?”

Existe alguém para cada um de nós que se tornará uma parte permanente do nosso mundo; alguém perto do nosso plano de energia.

Quando ele ou ela aparece, é melhor resolver o seu interior, para que você não precise mais procurar as peças que faltam.

A única coisa em que você terá que se concentrar agora é criar algo novo em conjunto.

Via:Significados dos Sonhos Online

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.