Coordenador da Pastoral do Povo de Rua de São Paulo, o padre Júlio Lancelotti publicou nas redes sociais uma série de denúncias contras as ações da zeladoria urbana da Prefeitura de SP na retirada de pertences de moradores de rua na região do Centro da capital paulista.

Na quinta-feira (20), moradores tiveram seus pertences confiscados na região da Praça da Sé.

Agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) participaram da ação com a zeladoria. Pelas imagens é possível ver colchões sendo retirados e moradores de rua reclamando posse dos pertences colocados dentro do caminhão.

Assista ao vídeo:

RECOMENDAMOS






Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.