Passos para realizar o detox de closet

Na última semana, abordei o tema detox de closet aqui para vocês. Mas como muitas pessoas têm dúvidas de como realizá-lo, sem o apoio de um profissional, abordarei o passo a passo para facilitar a vida de vocês.

O primeiro passo é avaliar seus estilos pessoais, momentos de vida pessoal e profissional, ou seja, a mulher que você é hoje. Todas as roupas têm que representar você. Comece então a experimentar as peças do seu closet. Sim tem que provar todas, a percepção só é eficaz se você vestir as peças. Inicie pelas roupas que mais gosta. Experimente fazer composições diferentes, saindo da sua zona de conforto. Com criatividade você consegue compor vários looks com a mesma peça. Camisas, blusas e t-shirts ganham uma nova “cara” agregando a terceira peça ou acessórios. Essas mesmas podem ser usadas com diferentes partes de baixo (calças, saias ou bermudas).

Fotografe e faça seu look book no celular. Assim quando retornar à rotina é só consultar o arquivo fotográfico. Anote as peças, sapatos ou acessórios que você não tem, para fazer composições diferenciadas. Assim quando for às compras investirá em algo que precisa de fato e que harmoniza com seu acervo pessoal.

Você tem dúvida em alguma peça em específico? Faça o seguinte exercício: se fosse na loja hoje compraria essa peça? Se a resposta for não, separe para degapego. Mas se ainda tem dúvida, observe se ela te valoriza e em qual ocasião da sua vida você usaria.

As peças demodê, justas demais, largas demais, manchadas, rasgadas, furadas, não podem mais ser mantidas no seu closet. E isso se aplica inclusive às roupas intimas e pijamas. Sua imagem deve ser adequada em primeiro lugar para você mesma, roupas deterioradas representam desleixo e não valorizam ninguém!

As peças que você experimentou e talvez não use, por ter comprado para uma ocasião específica, como uma festa, ou não estejam adequadas ao seu momento de vida e seus estilos pessoais, avalie se não vale uma ressignificação. Fazendo composições diferenciadas, por exemplo uma saia de festa numa produção mais casual, com tênis e t-shit. Outras peças podem ser customizadas / personalizadas junto a um ateliê de costuras. Aquela jaqueta, por exemplo, que você não usa porque é quente demais, pode ser transformada tirando o forro por exemplo, já a básica pode ganhar bordados e ficar glamourosa.

Separe as peças para conserto, troca de zíper, recolocação de botões, barras, entre outros ajustes. Já as roupas que não lhe representam mais, faça o desapego, venda em bazares ou faça doação, ajudando o próximo, fazendo a energia fluir na sua vida e vestindo tantas pessoas que não têm condições financeiras.

O detox de closet deve ser feito por etapas. Setorize por roupas de trabalho, lazer, dia a dia, roupas intimas e pijamas. Além de calçados e acessórios (bolsas, brincos, colares, cintos, lenços e encharpes). Faça um pouco cada dia. Tem que ser leve para fluir e ter eficácia.

Posso ajudar vocês, online nesse momento de quarentena, no detox de closet ou composições de looks que você já tem. Me sigam no instagram: @mari_moda_estilo e me enviem um direct ou whats app, através do link da bio.

Mariana Burbela
Consultora de Imagem

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.