Via: Tribuna de Jundiaí

Uma rede de mulheres em Jundiaí criou um projeto para acolher outras mulheres vítimas de violência física, psicólogica e sexual. A rede Valentes, que começou a operar há uma semana, visa ligar voluntárias a mulheres desamparadas, a fim de encaminhar as denúncias para os órgãos competentes.

“Nós também sabemos da imensa dificuldade em tomar coragem para fazermos uma denúncia: o medo de irmos sozinha, não ter com quem deixar nossos filhos, não saber dos procedimentos, o medo de ser desacreditada, medo das ameaças do agressor, falta de proteção… São muitas as barreiras machistas e os preconceitos para que a gente possa exercer o nosso direito e nos sentirmos um pouco mais seguras”, diz texto de apresentação sobre o projeto.

A ideia inicial foi pensada por quatro jundiaienses, engajadas em causas sociais em Jundiaí. O Tribuna de Jundiaí conversou com a Fernanda Mendes, que é também Promotora Legal Popular (PLP), para saber um pouco mais sobre a iniciativa. Também integram o projeto Mariana Janeiro, Rose Gouvea e Érika Sanduvetti.

“É uma rede para integrar essas mulheres, para que a gente possa, por meio das denúncias, direcionar elas. E nós queremos também ser uma rede de apoio. Várias mulheres, como psicólogas, arte-educadoras, advogadas, dentre outras profissões, vão nos ajudar”, informou Fernanda.

A primeira reunião do projeto com todas as voluntárias aconteceu nesta quinta-feira (8), para melhor direcionamento das ações que serão realizadas. Neste início, a rede Valentes auxilia na divulgação de casos de violência contra a mulher na região. “Estamos no começo, montando a rede e criando laços”, continou a idealizadora.

Dentre os projetos a serem realizados, o grupo pretende formar fóruns permanentes para discutir projetos que melhorem a qualidade de vida das mulheres de acordo com a região em que estão inseridas. Elas também pretendem disseminar informação por meio de podcats, palestras em escolas e empresas, workshops, clubes de leituras, dentre outros.

Mais informações sobre o projeto podem ser encontradas na página do Facebook. O número para denúncias é (11) 98422-7182.

  • Siga a Revista Bem Mais Mulher no Instagram aqui
  • Curta a Revista Bem Mais Mulher no Facebook aqui.

Fonte: Tribuna de Jundiaí

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.