Crédito de Foto de MI PHAM no Unsplash

Saúde bucal infantil: conselhos para uma boa higiene dental

Com certeza, a escovação não é uma das atividades que as crianças mais gostam, no entanto, para ajudá-las a aceitar mais essa tarefa você pode contar com algumas ajudinhas.

Além do papel do especialista, de ensinar as técnicas de escovação, os pais são os maiores exemplos das crianças, pois são com eles que elas aprendem tudo o que sabem.

Levando isso em consideração, os hábitos obtidos na infância costumam ser carregados durante toda a vida, então é importante estimular desde cedo os cuidados com a higiene bucal.

Se você quer saber como pode cuidar melhor da saúde bucal dos pequenos continue conferindo este conteúdo!
Auxílio do dentista
Não importa se a criança ainda é pequena, as precauções com a saúde oral devem começar desde cedo. E para isso existe o profissional adequado, o odontopediatra.

É recomendado que os pais levem o bebê ao dentista a partir dos 6 meses de idade porque, mesmo antes do início do nascimento dos dentes, algumas orientações de higienização da cavidade oral são necessárias.

As instruções podem ajudar os pais na limpeza do local, evitando o surgimento de cáries nos pequenos pedacinhos de dentes que podem começar a nascer.

Além disso, a primeira consulta é ótima para ambientar a criança no consultório odontológico e fazer com que ela não tenha medo, o que às vezes acaba acontecendo nessa idade.

Na consulta, o dentista faz uma avaliação para analisar o desenvolvimento dos dentinhos e como está a limpeza da região. O profissional também passa as primeiras orientações da dentição que está por vir para os pais terem os cuidados essenciais com os bebês
Quando retornar ao dentista?
O recomendado é as consultas sejam remarcadas de seis em seis meses para prevenir qualquer tipo de doença na região oral e também para o dentista acompanhar de perto o crescimento dos dentes.

Para isso, é fundamental contar com o melhor plano odontológico para garantir a qualidade no atendimento do seu bebê e conseguir economizar, ao invés de gastar mais pagando consultas particulares.

Higiene Bucal Infantil
Como mencionamos no início do conteúdo, as crianças aprendem praticamente tudo com os pais, afinal, são eles que convivem e que transmitem conhecimento a elas.

E falando de higienização bucal, os eles são os principais responsáveis por ensinar os filhos a ter uma rotina correta de escovação.

Depois que boa parte dos dentes nascem, os papais não só escovam os dentes dos pequenos, mas também os ensinam como isso deve ser feito, e claro, com as instruções que foram passadas inicialmente pelos odontopediatras.

E para tornar o hábito de um pouco mais divertido para os filhos, existem algumas dicas que os dentistas dão aos pais. Confira algumas delas abaixo:

Pastas dentais infantis

Além de coloridos, os cremes dentais têm personagens infantis nas embalagens e gostinho bom que, com certeza, vai estimular a criança a manter a higiene bucal.

Vale lembrar também que os pais devem supervisionar os filhos no momento da escovação porque, mesmo tendo um sabor gostoso, o creme dental deve conter flúor e, por isso, não pode ser engolido.

Escovas coloridas

Existe uma infinidade de modelos de escova de dente, mas você deve se atentar, pois a escova errada pode causar problemas.

A escova pode ter diferentes cores, formatos e personagens infantis, o que é importante para chamar a atenção e fazer a criança se interessar pela escovação, mas existem fatores ainda mais importante.

O recomendado é escolher escovas com cerdas macias e extra-macias e, além disso, tudo vai depender da faixa etária, pois, conforme os anos se passam, as necessidades do bebê e da criança mudam. Dessa forma, algumas características podem alterar com o tempo.

Quando os primeiros dentes surgirem, é indicado usar uma escova de cabeça pequena, extra macia e com um número menor de cerdas. Além disso, o cabo precisa ser longo.

A partir dos três anos, o correto é utilizar escovas com as cerdas de mesmo tamanho e com um cabo favorável para executar os movimentos

No momento que a criança estiver mais desenvolvida, as cerdas e o tamanho da cabeça da escova também devem aumentar, mas mesmo assim, as cerdas precisam ser macias.

E para manter os cuidados em dia, confira outras dicas importantes:

Escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia;
Usar fio dental todos os dias diariamente para remover o que a escova não alcança;
Ir ao dentista de seis em seis meses.
Importância de ir a dentista
Entre as dicas mencionadas acima existe uma extremamente importante: as idas periódicas ao dentista.

Não basta apenas seguir as orientações em casa sem ter uma avaliação do profissional, pois ela é extremamente necessária.

Além disso, é somente o dentista que, com a análise vai dizer se é preciso fazer algum tipo de tratamento dentário ou não. Sendo assim, é indispensável ter um plano odontológico.

Invista na saúde bucal do seu filho

Mesmo com todas as dicas citadas no artigo, é sempre bom relembrar que a saúde bucal não pode ser deixada de lado e as pessoas nunca devem ir ao dentista somente quando percebem algum tipo de problema bucal.

O acompanhamento de um profissional é fundamental para a qualidade de vida das crianças e para elas não terem problemas futuros.

Levando isso tudo em consideração, o ideal é investir em um plano de saúde dental bom para não acabar gastando uma fortuna em todas as consultas odontológicas. Assim, você garante um atendimento de qualidade e que caiba no seu bolso.

Gostou do nosso conteúdo? Então, continue conferindo todas as nossas dicas e informações!

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.