Mude-se, caso a vida não dê conta de satisfazer seus desejos. Se você olha no espelho e pensa que gostaria de viver experiências diferentes, mude.

Mude sua aparência, seu jeito de se portar, levante a cabeça! Encare o mundo olhos nos olhos, porque ele não pode continuar lhe causando ou fazendo você se sentir pequeno.
Mude, caso perceba que sua vida está parada, estacionada no mesmo lugar há mais tempo do que o satisfatório.

Saia, agilize, acelere. Faça, invente, mas não fique onde está, caso perceba que o lugar de agora não é mais onde gostaria de estar. Ou caso entenda que o que tinha para acontecer já aconteceu e você não pode esperar mais nada de algo ou de alguém.

Mude de casa, se a vista não lhe agrada ou se os cômodos não o acolhem. Mude de rua, de bairro, mude como quiser mudar. Procure outro trabalho, caso sinta que ele se tornou um fardo, um tormento nas segundas-feiras pela manhã.

Troque suas cores, as de dentro e as de fora; descubra novos amores, coisas novas as quais queira se dedicar. Descubra novos gostos, novos sabores prediletos, novas músicas preferidas.

Troque suas amizades, caso perceba que elas se tornaram mais especulação que companhia. Saia e converse com outras pessoas. Ouça novos pontos de vista, com a mente aberta e sem julgamentos. Perceba que a verdade tem muitas faces e várias delas são interessantes o suficiente para serem consideradas.

Sinta o vento de olhos fechados, aprenda a ver beleza nas coisas simples e aproveite para refletir sobre tudo o que você tem, quem você é e como gostaria que as coisas acontecessem daqui para frente.

Mude o que quiser, mas não deixe ninguém dizer como você deve ou não fazer isso. Não espere aprovação para coisas que o seu coração tem desejo de realizar. As outras pessoas não podem ter esse poder sobre você.

Conheça novos lugares, veja coisas diferentes. Enxergue um novo propósito para as coisas que você vive e lembre-se de sorrir para as manhãs, porque são elas que trazem as possibilidades de mudanças até você.

Tenha coragem para superar seus medos e desafie-se. Faça coisas que jamais pensou que faria e descubra que é extremamente prazeroso orgulhar-se de si mesmo.

Tenha fé na vitória e lute, reme contra a maré e levante quantas vezes for preciso. O ato de levantar-se pode ser extremamente educativo. Tente e verá!

Mude a imagem que tem de si mesmo. Enxergue pontos positivos em você, que até então passaram despercebidos. Repense seus atos e comportamentos, se sentir que é preciso. Mas apenas se você sentir que deve fazê-lo.

Lembre-se de que nada precisa ser eterno e que você pode mudar de ideia quantas vezes julgar necessário.

Ouse, arrisque, tente algo novo, abra-se para o que é diferente e perceberá que a vida tem uma capacidade incrível de se reinventar e de fazer de você uma pessoa cada vez mais realizada.

Experimente, renove-se e prepare-se: muitos motivos estarão a caminho, ansiosos para fazê-lo sorrir!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS