Deputada estreante, Tabata Amaral, 25 anos, fez um discurso na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que foi compartilhado em seu Twitter e, em poucas horas viralizou na internet.

“A mim resta lamentar o que está acontecendo e esperar que o senhor mude de atitude — o que parece completamente improvável — ou saia do cargo de ministro da Educação”.

Infância pobre e Harvard

Nascida na Vila Missionária, bairro pobre da zona sul de São Paulo, Tabata Amaral tem tido um destaque importante por suas pautas voltadas à educação. Estreante como Deputada ela defende a educação como ferramenta de desenvolvimento social.

Filha de uma diarista e um cobrador de ônibus, ela sempre teve um desempenho exemplar e contrariou as estatísticas que vem da periferia desde cedo. Graças a um diferencial em exatas ela conseguiu uma bolsa de estudos em uma escola particular da capital paulista.

Aproveitando as oportunidade logo Tabata foi aceita em uma das faculdades mais conceituadas do mundo, a Universidade de Harvard, fomando-se em Astrofísica e Ciências Políticas.

Em Brasília desde janeiro, a deputada participa da Comissão Permanente de Educação. Propôs também um projeto de lei sobre o repasse de transferências federais voluntárias, na área de educação, para os Estados, o Distrito Federal e os Municípios.

Lição

Nesta quarta-feira, o encontro tinha a finalidade de perguntar ao Ministro da Educação sobre qual eram os planos para área da educação. Porém por mais de quatro horas o ministro Vélez não conseguiu esclarecer os seus projetos para o MEC.

“Em um trimestre, não é possível que o senhor apresente um Power Point com dois, três desejos para cada área da educação. Cadê os projetos? Cadê as metas? Quem são os responsáveis? Isso aqui não é um planejamento estratégico. Isso aqui é uma lista de desejos“, disse a parlamentar.

Confira o vídeo completo: 

Informações:Exame

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.