Por Rogério Oliveira

Você não sabe o que quer, então me faz um favor? Some da minha vida enquanto é tempo. Não nasci pra viver nesse chove e não molha.

Muito menos aceitando ser passatempo de alguém que nunca pode ser inteiramente meu. Não quero ficar bancando a trouxa, nem a que aceita ser cozinhada em banho-maria por um cara que tem medo de assumir algo sério com alguém.

Eu sei que todo mundo vive de escolhas nessa vida, então aceita a minha e cai fora. Tô me desligando de tudo que vem de você.Tô te excluindo de mim e de tudo que me lembra o quão babaca você é.

Queria poder dizer que tirei coisas boas disso tudo, mas só levei porrada e tô saindo com sequelas. Coração picadinho e sentimento gasto. Achei que eu conseguiria reverter o jogo. Mas quem precisa de cuidado não sou eu.

Talvez você ainda precise se ferrar muito nessa vida até entender o quanto é ruim querer ser de alguém que não pode sustentar o que despertou. Talvez você ainda acredite no cara legal que existe ainda dentro mas que precisa amadurecer e se curar do ego inflado e do desejo de querer ser de todo mundo em um curto espaço de tempo.

Leia mais: Teste: Descubra qual desses elementos combina com a sua personalidade

Talvez você se arrependa de me ver feliz e desapegada. Ou talvez me liste como mais uma em meio aos seus contatinhos.

Não faz mais diferença o que vem de você. Eu tô indo embora. Talvez agora você aprenda a não me comparar com todas as outras. Que enxergue em mim, o que nenhuma outra foi capaz de fazer por você.

Talvez agora você firme os seus pés no chão e acredite que quando eu digo não é uma vez só. Que quando eu insisto é porque eu gosto, mas quando tentam me anular do mundo e me jogam para escanteio eu vou embora e não volto. Amor próprio é uma coisa que se adquire com o tempo.

E é através de tipos como você que a gente aprende a se colocar em primeiro lugar e não permitir que façam do nosso coração calejado um verdadeiro picadeiro.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Bem Mais Mulher
Sobre a inteligência, a força e a beleza feminina.